PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (PPGEP)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
Não informado
http://www.ufpb.br/pos/ppgep

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: IALY CORDEIRO DE SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IALY CORDEIRO DE SOUSA
DATA: 28/06/2018
HORA: 14:00
LOCAL: PPGEP UFPB
TÍTULO: Modelagem Matemática no Tratamento Quimioterápico
PALAVRAS-CHAVES: Oncologia matemática. Câncer. Quimioterapia. Modelagem Matemática. Otimização.
PÁGINAS: 46
RESUMO: O câncer é a segunda doença não transmissível com maior índice de casos e óbitos no mundo, ficando atrás apenas das doenças cardiovasculares. Ela independe do desenvolvimento Socioeconômico do pais para se manifestar, diferentemente, das doenças epidemiológicas que são mais propensas em regiões de baixo e médio nível de desenvolvimento. Estima-se que em 2030 serão diagnosticados mais de 21 milhões de novos casos no mundo. No que tange a Engenharia de Produção, isso gera um impacto negativo na economia e no mercado de trabalho em decorrência dos afastamentos, óbitos e até aposentadorias prematuras no âmbito da saúde coletiva mundial e nacional. Diversos estudos e tratamentos veem sendo desenvolvidos aos longos dos anos com o intuito de combater o câncer, desde cirurgias, radioterapias, quimioterapias, até terapias biológicas dirigidas. Dentre eles, a quimioterapia é bastante utilizada, trazendo bons resultados, porém, acompanhada de muitos efeitos colaterais. Portanto, torna-se pertinente avaliar de maneira quantitativa o processo do tratamento quimioterápico. Diante desse cenário, esse trabalho tem como objetivo estudar os problemas de evolução e combate ao câncer analisando através de modelos matemáticos as estratégias de administração de quimioterápicos. A metodologia utilizada será baseada nos artigos colhidos na revisão sistemática da literatura, bem como nos livros e teses adquiridos nos bancos de teses e repositórios, e serão utilizados modelos matemáticos fundamentados em equações diferenciais ordinárias para que se possa analisar a anuência dos tratamentos quimioterápicos quando as células tumorais ainda estão na angiogênese, assim como, quando elas já possuem seu crescimento estabilizado. Espera-se que os resultados deste projeto possam contribuir para a otimização das dosagens do tratamento quimioterápico de maneira satisfatória.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 337293 - ROBERTO QUIRINO DO NASCIMENTO
Interno - 1175878 - LUCIDIO DOS ANJOS FORMIGA CABRAL
Externo à Instituição - KATIA ELIZABETE GALDINO

Notícia cadastrada em: 25/06/2018 08:00