PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (PPGEP)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
Não informado
http://www.ufpb.br/pos/ppgep

Notícias


Banca de DEFESA: LUANA MARQUES SOUZA FARIAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUANA MARQUES SOUZA FARIAS
DATA: 24/01/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Sala Eucaliptos
TÍTULO: UM FRAMEWORK INTEGRATIVO PARA A AVALIAÇÃO DE PRÁTICAS LEAN E GREEN
PALAVRAS-CHAVES: Lean Manufacturing. Green Manufacturing. Analytic Network Process. Avaliação.
PÁGINAS: 147
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Produção
SUBÁREA: Gerência de Produção
RESUMO: Um sistema lean implementado com sucesso ira otimizar os recursos produtivos e reduzir o desperdicio. Alem disso, devido a crescente preocupacao da sociedade com a preservacao dos recursos naturais, e as cobrancas governamentais quanto ao cumprimento de normas ambientais, e importante que uma organizacao seja lean e tambem green. Dessa forma, serao tomadas decisoes que otimizem nao so os recursos materiais, mas tambem os recursos naturais envolvidos nos processos, evitando, portanto, os desperdicios e minimizando os impactos negativos das atividades produtivas. No entanto, a evidencia da implementacao bem-sucedida da gestao lean em conjunto com a gestao green tem sido em grande parte fraca. A implantacao simultanea de praticas lean e green requer metodos adequados para avaliar a contribuicao e o efeito de ambos os paradigmas sobre o desempenho das organizacoes. Desse modo, o objetivo deste estudo e desenvolver um framework integrativo para avaliar o impacto de praticas lean e green sobre o desempenho organizacional, de forma a permitir a priorizacao de melhorias no sistema. Com esta finalidade, esta pesquisa utilizou um estudo de caso como fonte de coleta dos dados, por meio de realizacao de entrevistas e aplicacao de questionario com os gestores de uma empresa que aplica praticas lean e praticas green. As entrevistas foram realizadas com o objetivo de identificar as praticas aplicadas na empresa. O questionario permitiu obter os pesos relativos dos elementos do framework para analise por meio do analytic network process (ANP), metodo de avaliacao multicriterio que permitiu o processo de comparacao para qualquer relacao de influencia entre os elementos de um sistema a ser analisado. Apos a aplicacao do ANP foi possivel identificar que entre as praticas aplicadas na empresa, as que possuem maior impacto no desempenho, sao as praticas do sistema de gerenciamento ambiental (SGA), a pratica 3R (reducao, reutilizacao e reciclagem), a pratica 5S e a pratica kaizen. Desse modo, a estas praticas devem ser priorizadas pela empresa para atingir um melhor desempenho organizacional, uma vez que sao as que mais contribuem para o desempenho da empresa tanto no ambito operacional, quanto no ambiental. Portanto, a empresa deve buscar investir e aperfeicoar as praticas SGA, 3R, 5S e kaizen, para obter uma reducao de seus custos, aumentar sua produtividade, reduzir seus impactos ambientais, seus desperdicios e aumentar a qualidade de seus produtos, uma vez que estes sao os determinantes considerados mais importantes para a empresa. A avaliacao dos sistemas lean e green de forma integrada foi realizada por meio do lean-green index, permitindo identificar o impacto de cada paradigma sobre o desempenho da organizacao. Os resultados do index mostraram que o paradigma green possui maior impacto sobre o desempenho da organizacao, com um peso de 14,3%, e que os sistemas lean e green de forma integrada possuem um impacto de 23% sobre o desempenho organizacional, quanto ao desempenho operacional e ambiental. Por meio de analise de sensibilidade, verificou-se que o framework proposto possibilita a avaliacao dos sistemas lean e green de forma continua, uma vez que e possivel a alteracao dos pesos atribuidos durante as comparacoes, de forma pratica por meio do software SuperDecisions. Conclui-se, portanto, que o framework proposto neste estudo permite a avaliacao de praticas lean e green em organizacoes de manufatura, podendo se adequar a realidade de cada empresa, retirando ou acrescentando as praticas que julgar necessarias, tornando assim o framework teorico valido e ao mesmo tempo ampliando o seu potencial de generalizacao a partir de uma mesma estrutura de avaliacao.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1605391 - LUCIANO COSTA SANTOS
Interno - 1642093 - CLAUDIA FABIANA GOHR
Interno - 2360551 - DARLAN AZEVEDO PEREIRA
Externo à Instituição - GUILHERME LUZ TORTORELLA

Notícia cadastrada em: 11/01/2018 15:49