PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DAS RELIGIÕES (PPGCR)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
32168321
http://www.ufpb.br/pos/ppgcr

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSE CARLOS DE ABREU AMORIM

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE CARLOS DE ABREU AMORIM
DATA: 30/11/2015
HORA: 14:30
LOCAL: Centro de Educação
TÍTULO: GEHEIME FIGUREN DER ROSENKREUZER: ESOTERISMO NO IMAGINÁRIO DO MOVIMENTO ROSACRUZ DO SÉCULO XVIII
PALAVRAS-CHAVES: rosacrucianismo, imaginário, Geheime Figuren e esoterismo
PÁGINAS: 53
RESUMO: O presente trabalho visa uma análise simbólica da obra Geheime Figuren der Rosenkreuzer aus dem 16 tem und 17 tem jahrhundert, vinda a público em dois livros, originalmente em 1785 e 1788, sendo reunida em um fac-símile em 1919, deste último originando-se todas as suas edições modernas. A compilação dos Geheime Figuren der Rosenkreuzer é de uma relevância igualmente proporcional a publicação dos Manifestos Rosacruzes no século XVII; a mesma é organizada dentro de uma segunda onda do que pode ser entendido como movimento rosacruz ou rosacrucianismo. Este segundo momento do rosacrucianismo estabelece uma estrutura que influenciará sobremaneira as derivações ou denominações seguintes. Como ferramentas metodológicas, seguiremos as proposituras desenvolvidas pelos pensadores do Imaginário Gilbert Durand, Jean-Jacques Wunenburger, Paul Ricouer e Henry Corbin, utilizando-se de uma estruturação figurativa, para que possamos aplicar uma hermenêutica e fenomenologia da imagem perspectivadas e mediadas pelo conceito de hierohistória desenvolvido por Corbin, para entendermos o esoterismo do movimento rosacruz do século XVIII na construção e/ou compilação dos Geheime Figuren der Rosenkreuzer aus dem 16 tem und 17 tem jahrhundert, utilizando-se da simbólica surgida nos dois século anteriores. As constituintes teosóficas, herméticas, alquímicas e cabalistas que pululam na obra que estudamos servirão de norteadoras das relações estabelecidas entre a obra e a imagética do século XVIII, para que – de acordo com a metodologia estabelecida para o estudo do esoterismo ocidental, conforme propositura de Antoine Faivre e Wouter Hanegraaff – possamos fazer as devidas aproximações e distanciamentos com o movimento rosacruz do século XVII e do XVIII, com um enfoque maior no século XVIII, onde se estrutura a compilação dos Geheime Figuren der Rosenkreuzer.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 338011 - CARLOS ANDRE MACEDO CAVALCANTI
Interno - 1814691 - MARIA LUCIA ABAURRE GNERRE
Externo à Instituição - DAVID PESSOA DE LIRA

Notícia cadastrada em: 11/11/2015 10:43