PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DAS RELIGIÕES (PPGCR)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
32168321
http://www.ufpb.br/pos/ppgcr

Notícias


Banca de DEFESA: CAMILA LUIZA SOUZA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAMILA LUIZA SOUZA DA SILVA
DATA: 21/07/2017
HORA: 10:00
LOCAL: centro de educação - sala de reuniões
TÍTULO: VAMOS SARAVÁ! AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS AFRO-BRASILEIRAS NA OBRA DE CLEMENTINA DE JESUS
PALAVRAS-CHAVES: religiões afro-brasileiras; samba; Clementina de Jesus.
PÁGINAS: 109
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Teologia
RESUMO: Este trabalho tem como objetivo fazer um dialogo entre as religioes afro-brasileiras e o samba, a partir de uma abordagem historico-antropologica. Para isso, teremos como base de analise a obra da cantora Clementina de Jesus. Nascida na regiao do Vale do Paraiba, no Estado do Rio de Janeiro, Clementina representaria os negros das comunidades fundadoras das escolas de samba, como o morro do Salgueiro, Serrinha e Mangueira e nos seus discos, alem de sambas, estavam presentes jongos, corimas, partido-alto, pontos e musicas rituais recriadas a partir das religioes afro-brasileiras. Podemos considera-la, entao, como uma ponte entre os grupos etnicos conhecidos, genericamente, como “sudaneses” e “bantos”, que trouxeram grande riqueza para a cultura e religioes brasileiras. Alem disso, a cantora representa a tensao existente na historia do samba, pois apesar desse genero musical ser reconhecidamente de origem afro-brasileira, para ser aceito pela industria radiofonica foi necessario afasta-lo da sua vertente mais percussiva para que ficasse mais palatavel para os ouvidos da classe media. A obra de Clementina, com forte presenca do universo religioso afro-brasileiro, problematiza o racismo estrutural brasileiro e a questao da "desafricanizacao" do samba. Pretendemos assim estudar a tentativa de afastamento do samba das religioes afro-brasileiras em sua estrutura musical, imposto pela industria fonografica, a partir da analise da sua obra, levantando assim, o debate sobre o tema.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1774137 - DILAINE SOARES SAMPAIO
Externo ao Programa - 2221299 - ANTONIO GIOVANNI BOAES GONCALVES
Externo à Instituição - LOURIVAL ANDRADE JUNIOR

Notícia cadastrada em: 06/07/2017 13:25