PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DAS RELIGIÕES (PPGCR)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
32168321
http://www.ufpb.br/pos/ppgcr

Notícias


Banca de DEFESA: IRANILZA CINESIO GOMES FELIX

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IRANILZA CINESIO GOMES FELIX
DATA: 25/06/2018
HORA: 11:00
LOCAL: TERREIRO SAGRADO DA ALDEIA BREJINHO - Município de Marcação-PB
TÍTULO: A ALTERIDADE E A ESPIRITUALIDADE DOS UNIVERSITÁRIOS POTIGUARA DA PARAÍBA
PALAVRAS-CHAVES: Alteridade. Espiritualidade. Conhecimentos tradicionais. Universitários Potiguara.
PÁGINAS: 97
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO: Esta e a primeira pesquisa do PPGCR realizada por uma Potiguara da Paraiba que visa compreender como as relacoes do universo academico e as dimensoes da espiritualidade dos universitarios indigena edificam sua alteridade etnica e seus conhecimentos tradicionais dentro da universidade, assim como esses universitarios(as) praticam os saberes cientificos dentro das aldeias. Tem como objetivo investigar as acoes dos universitarios Potiguara na continuidade e a preservacao de sua alteridade e espiritualidade etnica enquanto indigenas, tanto na academia, como na aldeia de origem. Os principais aportes teoricos sao: Barcellos (2014), Eliade (2002); Santos (2009); Palitot (2005), Vieira (2010); Mendonca (2014); Silva (2011); Sousa (2017), dentre outros. Trata-se de uma pesquisa etnografica, com abordagem qualitativa, apresentando carater da auto etnografia, por ser a autora membro do povo Potiguara. Como instrumentos de pesquisa forma utilizados a observacao participante, uma vez que no universo indigena e primordial a presenca in loco para se investigar o objeto de estudo; o diario de campo, a fim fazer todas as anotacoes, os roteiros, as inquietacoes junto aos indigenas; as entrevistas semiestruturadas, essenciais para aprofundar as tematicas em destaques da pesquisa. Como resultados, o estudo revelou que os Potiguara continuam cultivando a sua alteridade e espiritualidade, elementos primordiais da cultura indigena, oferecendo retorno preconizado para o fortalecimento de seus mitos e ritos etnicos. Mesmo com o aspecto individualista da universidade, foi identificado que os(as) universitarios(as) indigenas assumem a sua identidade Potiguara, assim como o espirito de coletividade, dentro da universidade, podendo assim voltar para a sua aldeia de origem, levando conhecimentos cientifico para contribuir com o seu povo. Como isso ira ocorrer, o tempo revelara!
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1548297 - LUSIVAL ANTONIO BARCELLOS
Interno - 338011 - CARLOS ANDRE MACEDO CAVALCANTI
Externo à Instituição - JOSE MATEUS DO NASCIMENTO

Notícia cadastrada em: 19/06/2018 08:29