PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (PPGCI)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
Não informado
http://www.ufpb.br/pos/ppgci

Notícias


Banca de DEFESA: MARCIA MARIA DE MEDEIROS TRAVASSOS SAEGER

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCIA MARIA DE MEDEIROS TRAVASSOS SAEGER
DATA: 12/12/2018
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório Azul
TÍTULO: Análise do processo de Gestão da Informação e do Conhecimento no Orçamento Participativo do município de João Pessoa/PB
PALAVRAS-CHAVES: Gestão da informação e do conhecimento. Orçamento Participativo. Participação popular. Cidadania. Ciência da Informação.
PÁGINAS: 295
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Ciência da Informação
SUBÁREA: Teoria da Informação
ESPECIALIDADE: Teoria Geral da Informação
RESUMO: Apresenta os resultados de uma pesquisa imersa no contexto dos programas de gestao publica participativa, tendo como objetivo geral analisar o processo de Gestao da Informacao e do Conhecimento no Orcamento Participativo do municipio de Joao Pessoa/PB (OPJP). A dimensao teorica acostou-se nas concepcoes advindas da Ciencia da Informacao, por se constituir no campo dedicado aos estudos sobre os fenomenos informacao e conhecimento, assim como as suas contribuicoes para o desenvolvimento social e institucional dos sujeitos, fornecendo o arcabouco teorico apropriado para os estudos sobre a Gestao da Informacao e do Conhecimento (GIC) em seus diferentes contextos de aplicacao. Partiu-se do pressuposto teorico de que a GIC, enquanto um processo integrado de gestao, se constitui no diferencial para a eficiencia da gestao publica, por oferecer os meios e os recursos necessarios para que a informacao e o conhecimento sejam utilizados em prol da gestao da coisa publica e da melhoria da qualidade de vida da populacao. Quanto a dimensao metodologica, a pesquisa e classificada como exploratoria e descritiva, com abordagem qualitativa, utilizando como estrategias de pesquisa o levantamento bibliografico, a pesquisa documental e o estudo de caso. O campo empirico foi composto pela Secretaria Executiva do OPJP, pelas assembleias regionais e pelas regioes orcamentarias municipais, considerando-se a divisao regional adotada no OPJP. Fizeram parte da pesquisa os gestores, articuladores, conselheiros municipais, conselheiros regionais do OPJP e os membros das comunidades de cada regiao da cidade. Para a coleta de dados foram utilizados como instrumentos a entrevista semiestruturada, grupos focais, observacao participante e analise documental. Os conteudos obtidos na coleta de dados foram tratados a partir de uma analise de conteudo, adotando-se a perspectiva de Bardin (2011), com categorias e subcategorias construidas a partir do processo de GIC de Bergeron (2003). Os resultados dessa pesquisa revelaram que atualmente existem acoes de GI e de GC adotadas pela gestao do OPJP, no entanto, tais acoes nao se originam a partir de um processo de GIC planejado especificamente para o Programa. Com isso, a gestao dos fluxos informacionais existentes no OPJP nao e realizada de forma profissional, apresentando limitacoes quanto aos seus resultados, o que acaba por comprometer o amplo acesso e uso da informacao por parte dos diferentes atores relacionados ao Programa. Os resultados permitiram identificar ainda a ausencia de um protagonismo social comprometido com a cidadania por parte dos membros das comunidades, que participam de maneira limitada do Programa. Tais resultados evidenciaram a necessidade da elaboracao de diretrizes capazes de contribuirem com a implantacao de um processo de GIC para o OPJP. Nesse sentido, identificou-se, em um primeiro momento, a necessidade de que a gestao do OPJP estabeleca acoes de cunho educativo para a populacao de Joao Pessoa, fomentando uma consciencia cidada e participativa, educando esses sujeitos para a cidadania, alem de estimular o desenvolvimento de competencias informacionais para que o acesso, a producao e a disseminacao da informacao e do conhecimento permitam o dialogo necessario entre estes sujeitos de forma critica e reflexiva. Ademais, foram propostas tambem diretrizes de cunho tecnico, compostas por um conjunto de acoes que irao viabilizar a implantacao da GIC na gestao do Programa. Conclui-se que a adocao de tais diretrizes podera contribuir para uma participacao mais ativa dos cidadaos, atendendo aos fundamentos do OPJP e proporcionando a melhoria da gestao dos fluxos informacionais do Programa.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 774857 - JULIO AFONSO SA DE PINHO NETO
Interno - 1286412 - MARYNICE DE MEDEIROS MATOS AUTRAN
Interno - 8329987 - EMEIDE NOBREGA DUARTE
Interno - 7336786 - ELIANE BEZERRA PAIVA
Externo ao Programa - 273726 - SIMONE BASTOS PAIVA
Externo à Instituição - JACQUELINE ECHEVERRÍA BARRANCOS
Externo à Instituição - ANDREA VASCONCELOS CARVALHO

Notícia cadastrada em: 29/11/2018 10:07