PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA (PPGQ)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal:
Não informado
http://www.ufpb.br/pos/ppgq

Notícias


Banca de DEFESA: IELENA EULALIA MATIAS CAVALCANTE

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IELENA EULALIA MATIAS CAVALCANTE
DATA: 24/08/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Reuniões do Núcleo de Pesquisa e Extensão - LACOM/REITORIA/UFPB
TÍTULO: Estudo dos parâmetros físico-químicos associados a presença de cianobactérias e avaliação da sua remoção por fotólise e biorreator com membranas de ultrafiltração.
PALAVRAS-CHAVES: Fotólise, biorreatores de membrana, cianobactérias, microcistina.
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Analítica
RESUMO: A agua e indispensavel para manutencao dos ecossistemas e para garantia da vida. Manter e avaliar a qualidade dos mananciais sao etapas cruciais para cuidar desse bem tao precioso. O lancamento descontrolado de residuos urbanos nos corpos d´agua acentua o processo de eutrofizacao sendo propicia para o desenvolvimento das cianobacterias, que podem representar serios riscos a saude quando ocorre a liberacao da sua toxina. Tecnicas convencionais de tratamento de agua apresentam limitacoes para remocao desses compostos, assim novas tecnologias sao necessarias. O objetivo da tese consistiu em verificar as alteracoes dos parametros fisico-quimicos da agua com a presenca de cianobacterias e avaliar sua remocao por biorreatores de membranas de ultrafiltracao e fotolise. A etapa metodologica foi dividida em tres fases. Na primeira, realizou-se o monitoramento das cianobacterias, no acude de Sao Goncalo/ PB, associado aos seguintes parametros fisico-quimicos: cor, turbidez, pH, alcalinidade, solidos totais dissolvidos, condutividade e oxigenio dissolvido. Utilizou-se a correlacao de Pearson, e a partir dela observou-se que para o manancial estudado existe uma correlacao forte (p=0,7), positivamente, entre a densidade de cianobacterias e o pH do meio. Verificou-se na segunda etapa a remocao de diferentes especies de cianobacterias em amostras reais, atraves de um biorreator com membranas de ultrafiltracao, onde se monitorou os seguintes parametros: cor, turbidez, DBO e DQO. O BRM apresentou um permeado com boa qualidade, onde a remocao da densidade celular chegou a uma expressiva reducao de 99,7%, mostrando-se como uma tecnica util para diminuir essas densidades. Na ultima fase, verificou-se a lise celular atraves da fotolise, com radiacao UV em 254 nm, sendo avaliada a remocao da especie Microcytis aeroginosa e sua toxina a microcistina. Foram avaliadas as densidades da especie, integridade celular, concentracao da toxina e carbono organico total (COT). Os resultados obtidos indicaram, para a solucao com pH 9 e concentracao de 20.000 cel/ml, remocao de 100% nos maiores tempos estudados, ja a remocao do COT chegou a 80,77%. Verificou-se que o tratamento utilizado foi capaz de liberar o conteudo intracelular da especie e diminuir a sua densidade celular.
MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - AMANDA DUARTE GONDIM
Interno - 377634 - ARY DA SILVA MAIA
Interno - 3477843 - LUCIANO FARIAS DE ALMEIDA
Externo à Instituição - MANOEL BARBOSA DANTAS
Presidente - 1807287 - RAUL ROSENHAIM

Notícia cadastrada em: 14/08/2018 17:02