PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA SOCIAL (PPGPS)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
Não informado
http://www.ufpb.br/pos/ppgps

Notícias


Banca de DEFESA: GLEIDSON DIEGO LOPES LOURETO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GLEIDSON DIEGO LOPES LOURETO
DATA: 08/02/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Universidade Federal da Paraíba
TÍTULO: Tomada de Risco Orientada ao Status e Estratégias de Vida: Efeito Mediador das Prioridades Axiológicas
PALAVRAS-CHAVES: Tomada de risco orientada ao status, personalidade, valores humanos, teoria da história de vida
PÁGINAS: 190
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
SUBÁREA: Psicologia Social
ESPECIALIDADE: Papéis e Estruturas Sociais; Indivíduo
RESUMO: A presente dissertacao objetivou responder ao problema: como a Tomada de Risco Orientada ao Status (TROS) e os valores humanos explicam as estrategias de historia de vida (LHS)? Para tanto, quatro estudos empiricos foram delineados. No Estudo 1, objetivou-se adaptar para o Brasil a Escala de Tomada de Risco Orientada ao Status, composta por 8 itens (ETROS-8). Participaram 233 estudantes universitarios com media de idade de 23,7 anos (DP = 5,77) que responderam a ETROS-8 e questoes sociodemograficas. Uma analise fatorial exploratoria indicou uma estrutura unidimensional (metodo Hull), explicando 53,0% da variancia total com adequada precisao (e.g., Ω = 0,87). Analises via Teoria de Resposta ao Item demonstraram que os itens da ETROS-8 discriminam adequadamente os participantes e exigem moderada quantidade de traco latente para serem endossados. O Estudo 2 objetivou reunir evidencias psicometricas complementares da ETROS-8. Participaram 202 estudantes universitarios com media de idade de 23,5 anos (DP = 6,07) que responderam a ETROS-8, o Big Six Factors of Personality (BSFP) e questoes sociodemograficas. A analise fatorial confirmatoria corroborou a estrutura unifatorial (e.g., CFI = 0,97) e invariancia total do instrumento frente ao sexo dos participantess (e.g., ΔCFI < 0,01). Ainda, a ETROS-8 correlacionou-se negativamente com os fatores Honestidade-Humildade e Amabilidade, indicando sua natureza socialmente hostil. Via teste-reteste (n = 43), os dados apontaram que a ETROS-8 apresenta estabilidade temporal (r = 0,81; intervalo de 30 dias de aplicacao). No Estudo 3, investigou-se a relacao da TROS com os valores humanos. Participaram 225 sujeitos da populacao geral com media de idade de 28,6 anos (DP = 9,39) que responderam a ETROS-8, o Questionario dos Valores Basicos (QVB) e questoes sociodemograficas. Analises bivariadas indicaram correlacoes positivas com os valores pessoais e negativas com os valores centrais e sociais. A Analise de Perfis Latentes revelou diferentes subgrupos em termos de padroes de associacao da TROS e valores humanos que diferiram quantitativa (Perfil autocentrado vs. Perfil pro-social) e qualitativamente (Perfil autocentrado e Perfil pro-social vs. Perfil Adaptativo). Os dados suportaram tanto uma relacao congruente (i.e., traco-expressivo e prioridade axiologica com metas compativeis), quanto uma associacao nao linear que pode refletir respostas a determinados contextos; plasticidade adaptativa. Por fim, no Estudo 4, buscou-se levantar evidencias evolutivas da TROS e valores humanos, sob o Paradigma da Historia de Vida, testando o papel mediador das prioridades axiologicas nesse cenario. Participaram 230 sujeitos da populacao geral com media de idade de 30,3 anos (DP = 9,22) que responderam a ETROS-8, o QVB, o Mini-K (medida de diferencas individuais em LHS lentas) e questoes sociodemograficas. Os resultados indicaram que a TROS apresenta LHS rapidas (e.g., altas taxas de fecundidade e mortalidade), admitindo-se o papel mediador dos valores interativos e normativos nesta relacao. Em suma, confia-se que o objetivo foi atingido. Alem da adaptacao um instrumento da TROS com evidencias psicometricas satisfatorias, atestou-se o poder preditivo da TROS e valores humanos frente as LHS, verificando um efeito mediador das prioridades axiologicas nesse cenario.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6338234 - VALDINEY VELOSO GOUVEIA
Interno - 2204608 - CICERO ROBERTO PEREIRA
Externo à Instituição - LAYRTTHON CARLOS DE OLIVEIRA SANTOS
Externo à Instituição - LEOGILDO ALVES FREIRES

Notícia cadastrada em: 01/02/2019 14:31