PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE BIOLOGIA EM REDE NACIONAL (PROFBIO)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: JOAQUIM JACKSON LISBOA SIMAO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOAQUIM JACKSON LISBOA SIMAO
DATA: 17/07/2019
HORA: 14:00
LOCAL: João Pessoa
TÍTULO: PROTOCOLO DE DESENVOLVIMENTO DE OFICINAS PEDAGÓGICAS PARA O ENSINO DE BIOLOGIA
PALAVRAS-CHAVES: Protocolos. Estudos de Validação. Ensino. Biologia.
PÁGINAS: 89
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO: A criacao de um protocolo que vislumbra a operacionalizacao desta ferramenta e uma iniciativa necessaria ao campo das ciencias biologicas, bem como a educacao. Para tanto, objetivou-se desenvolver protocolo metodologico relacionado a implementacao de oficinas pedagogicas no ensino e aprendizagem em biologia com investigacao cientifica. Trata-se de estudo metodologico de desenvolvimento de protocolo estruturado em tres estagios, quais sejam, a) Primeiro estagio: construcao do roteiro preliminar do protocolo; b) Segundo estagio: ajustes do roteiro por meio da revisao integrativa da literatura e determinacao das etapas essenciais e aconselhaveis; c) Terceiro estagio: validacao do conteudo do protocolo por meio da avaliacao dos juizes expertises no ensino em Biologia. Os dados da revisao integrativa e da validacao dos juizes foram tabulados com auxilio do Microsoft Office Excel®, para Windows 8 e o programa estatistico utilizado foi o Statistical Package for the Social Sciences (IBM SPSS) versao 21, com uso de estatistica descritiva e inferencial, por meio de frequencia absoluta e relativa, Indice de Validade de Conteudo (IVC≥0,80), teste Quiquadrado e Exato de Fisher, com significancia considerada para valores ≤0.05, medida de confiabilidade atraves do Alfa de Cronbach (α). A pesquisa foi aprovada pelo Comite de Etica em Pesquisa sob parecer n. 3.290.764 e CAAE n. 10604219.4.0000.5188. O protocolo apresenta tres fases e 20 etapas, quais sejam: a) Fase I: Caracterizacao e diagnostico (escolha do tema, escolha do local, visita preliminar, caracterizacao do publico-alvo, direcionamento da avaliacao, avaliacao diagnostica, buscada estrategia com indicacao do estudante, relevancia da tematica na estrutura curricular, interdisciplinaridade e busca de subsuncor); b) Elaboracao e implementacao da oficina (construcao coletiva da oficina, problematizacao, disponibilidade de recursos, previsao da necessidade de confeccao dos materiais, locomocao, dimensionamento de pessoal, aplicacao da oficina, avaliacao do objetivo pretendido e da oficina pelos participantes); e c) Analise dos dados (caracteristicas dos dados coletados e tecnica de analise). A revisao integrativa ocorreu com 25 estudos elegiveis, com sete publicacoes em 2017 e treze na regiao Sul. Os ajustes do protocolo permitiram vislumbrar nove etapas essenciais e onze aconselhaveis. Houve associacao estatistica entre visita preliminar com problematizacao (p=0,031) e avaliacao da oficina (p=0,009), bem como busca da estrategia com indicacao do estudante com construcao coletiva da oficina (p<0,0001) e problematizacao (p=0,040), direcionamento da avaliacao com caracteristicas dos dados (p<0,0001) e tecnica de analise (p<0,0001). Na rodada Delphi I, a analise de confiabilidade gerou α=0,96 para clareza, α=0,95 para relevancia e α=0,95 para precisao. O teste de confiabilidade para o protocolo geral indicou α=0,98. Na etapa Delphi II, geraram-se α=0,94 para clareza e α=0,93 para precisao. A avaliacao global manteve-se com o α=0,98. Todas as etapas tiveram concordancia no criterio relevancia ≥0,80. As reformulacoes qualitativas do protocolo conforme as sugestoes dos juizes para IVC≤0,80 em todos os criterios analisados estiveram relacionadas a modificacao de termos em desuso. Concluiu-se que houve o desenvolvimento satisfatorio do protocolo com base na experiencia profissional, com respectivos refinamentos e validacao de conteudo, indicando um produto confiavel, claro, relevante e preciso.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1673697 - DENISE DIAS DA CRUZ
Externo à Instituição - KAREN KRYSTINE GONÇALVES DE BRITO
Presidente - 1978445 - PEDRO CORDEIRO ESTRELA DE ANDRADE PINTO