PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (PPGEP)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
Não informado
http://www.ufpb.br/pos/ppgep

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: MILCA GONÇALVES SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MILCA GONÇALVES SILVA
DATA: 25/06/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala Acácia/ DEP/PPGEP
TÍTULO: PROPOSTA DE UM MÉTODO PARA AVALIAR O DESEMPENHO DE FORNECEDORES: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR ALIMENTÍCIO
PALAVRAS-CHAVES: Avaliação de desempenho; Fornecedores, Cadeia de Suprimentos TRI
PÁGINAS: 80
RESUMO: A medição de desempenho possui um papel relevante no gerenciamento da cadeia, pois permite mensurar o quão eficiente estão seus membros e nortear tomadas de decisões para manter a CS competitiva. Na visão de Sillanpää (2015), mensurar o desempenho de uma cadeia de suprimentos é, reconhecidamente, cada vez mais difícil. Porém, medir o desempenho se torna gradativamente mais necessário para impedir desequilíbrios e possibilitar uma gestão efetiva em uma cadeia de suprimentos (SELLITTO et al., 2015). De acordo com Lambert e Pohlen (2001), a falta de medição de desempenho pode levar a falhas no alcance dos objetivos, subotimização na CS, obstáculos para a obtenção de vantagem competitiva, além de conflitos entre membros da CS. Os fornecedores são componentes essenciais em uma cadeia de suprimentos e, como membros iniciais, são responsáveis por abastecer a empresa focal, tendo em seu processo um alto nível de responsabilidade no atendimento dos objetivos da CS. Denicol (2014) defende que o suprimento é uma atividade de grande valor dentro de uma CS, visto que o desempenho dos fornecedores afeta diretamente o desempenho de todos os membros nos processos posteriores. A seleção de fornecedores se apresenta como um dos mais importantes estágios da CS, uma vez que possibilita auxiliar no aumento de produtividade, como também na eficiência da organização (LAGUAPILLO, 2014,). Selecionar os fornecedores certos tem efeitos significativos no desempenho da cadeia de suprimentos, como também auxilia no aumento da satisfação do cliente e da qualidade dos produtos e serviços (FALLAHPOUR et al., 2016). Logo, a seleção e monitoramento destes membros merece atenção dos gestores das empresas pertencentes a uma CS. Para a sustentabilidade do negócio, as organizações estão desenvolvendo parcerias de longo prazo com fornecedores-chave (GUNASEKARAN; PATEL; MCGAUGHEY, 2004). Denicol (2014) afirma que os objetivos de desempenho podem ser alcançados de maneira eficaz, considerando que as organizações compradoras tenham um relacionamento estratégico de longo prazo com fornecedores de desempenho elevado. Neste sentido, é de fundamental importância ter fornecedores corretos e eficazes dentro de uma CS. A fase de seleção de fornecedores consiste em avaliar o desempenho do grupo de empresas resultante da pré-qualificação, por meio de critérios específicos, para assim eleger o fornecedor mais apropriado para atender os requisitos solicitados. (YANG et al., 2008). Além disso, os parâmetros e índices de desempenho podem mudar periodicamente, a depender do ambiente em que a CS está inserida. Deste modo, uma empresa deve selecionar fornecedores de alto desempenho, avaliar regularmente o desempenho destes e revisar os parâmetros e índices de desempenho em intervalos adequados (GULATI; NOHRIA; ZAHEER. 2000).
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2225575 - MARIA SILENE ALEXANDRE LEITE
Interno - 330903 - MARIA DE LOURDES BARRETO GOMES
Externo à Instituição - VALDIRENE GASPARETO

Notícia cadastrada em: 08/06/2018 14:59