PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DAS RELIGIÕES (PPGCR)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
32168321
http://www.ufpb.br/pos/ppgcr

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: ELENILSON DELMIRO DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELENILSON DELMIRO DOS SANTOS
DATA: 10/11/2015
HORA: 09:00
LOCAL: CENTRO DE EDUCAÇÃO SALA 319
TÍTULO: “DO CENTRO PARA A MARGEM”: UM ESTUDO SOCIOANTROPOLÓGICO DO PROCESSO DE ASCENSÃO, DECLÍNIO E REINVENÇÃO DAS CEBs
PALAVRAS-CHAVES: Palavras-Chave: Igreja Católica; Comunidades Eclesiais de Base; Mudanças pastorais.
PÁGINAS: 104
RESUMO: O novo cenário religioso que vem se estabelecendo no Brasil, nos últimos anos, têm exigido do catolicismo novas formas de leituras da sociedade bem como a adoção de modelos pastorais que sejam capazes de estabelecer uma relação de proximidade com os novos padrões religiosos estabelecidos pela sociedade. Como efeito, passamos a assistir a afirmação de experiências religiosas que se firmam sob o principio da modernidade que prega o individualismo e o triunfo da centralidade da dimensão subjetiva e privada da religião. Como consequência, experiências como as Comunidades Eclesiais de Base - CEBs e a própria Teologia da Libertação, por se firmarem na perspectiva do caráter coletivo e social da religião, entram em crise. Neste sentido, o presente trabalho tem por premissa analisar a atual situação das CEBs no Brasil. Como fonte de pesquisa, de início, nos utilizamos de uma ampla produção bibliográfica o que nos permitiu compreender os elementos que sustentam e inspiram a caminhada das CEBs. Autores como Faustino Teixeira, Leonardo Boff e José Comblin, entre outros, dispõem de uma produção bibliográfica de grande importância neste momento. No que diz respeito ao campo, a partir de um estudo de caso, já em andamento na cidade de Santa Rita, pretendemos obter como resultado uma compreensão da atual conjuntura das CEBs a partir da observação dos sujeitos que ainda vivem ou que viveram o cotidiano das CEBs. Deste modo, como resultado deste trabalho, a ser estruturado em quatro capítulos, esperamos chegar à problematização das questões que inspiram este trabalho: ainda existe espaço para as CEBs e, consequentemente, para a Teologia da Libertação? Estaria de fato as CEBs vivendo um momento de refluxo?
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1774137 - DILAINE SOARES SAMPAIO
Interno - 2478681 - DEYVE REDYSON MELO DOS SANTOS
Interno - 1860344 - FERNANDA LEMOS

Notícia cadastrada em: 27/10/2015 11:04