UFPB › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas João Pessoa, 18 de Outubro de 2018

PEDAGOGIA (MSC) (LICENCIATURA PLENA)/CE - João Pessoa(João Pessoa)

 

curso  Nível  Graduação

CENTRO DE EDUCAÇÃO (CE) - CE


Últimas Notícias

Nenhum conteúdo disponível até o momento


Apresentação

OBJETIVOS

 Geral

            Proporcionar a formação de professores de nível superior através do Curso de Licenciatura em Pedagogia, com aprofundamento em Educação de Jovens e Adultos, para atuar em projetos educativos nas áreas de assentamentos dos movimentos sociais do campo.

Objetivos Específicos

  • Formar professores que estejam em condições de suprir demandas sócio-culturais, relacionadas ao seu campo de conhecimento e atuação, seja no campo da educação formal seja no campo dos movimentos sociais;
  • Propiciar aos futuros professores, uma formação abrangente, nas dimensões: cultural, política, epistemológica, ética e estética, que os torne aptos a desenvolverem estratégias educativas democratizadoras de acesso ao conhecimento, numa perspectiva sócio-histórica;
  • Qualificar a atuação profissional dos educadores do campo, elevando, assim, o nível de conhecimento dos filhos dos camponeses, bem como dos membros das comunidades e assentamentos rurais;
  • Formar professores/pesquisadores em Pedagogia para atuar nos anos iniciais da Educação Fundamental, tendo como perspectiva um referencial teórico-metodológico interdisciplinar e investigativo, desenvolvendo saberes pedagógicos a partir das questões vividas na prática cotidiana das escolas e dos educandos;
  • Ofertar o curso de Licenciatura em Pedagogia, para educadores dos Assentamentos da reforma agrária para atender às necessidades de melhoria da educação;
  • Promover a educação do aluno do campo, enfatizando a relação com a cultura, valores, com a formação para o trabalho e participação social.
  • Proporcionar uma prática educativa a partir do diálogo com as grandes questões de educação e de desenvolvimento social, a fim de desenvolver uma formação crítica.
  • Desenvolver projeto educativo em articulação com estratégias específicas de desenvolvimento humano e social do campo e de seus sujeitos.
  • Desenvolver formação que propicie o exercício de atividades de assessoramento e gestão pedagógica em projetos educativos nas áreas de assentamentos dos movimentos sociais do campo.
  • Promover a integração Universidade Federal da Paraíba com os movimentos sociais do campo, especialmente os assentamentos e acampamentos da CPT na prática de Educação e Movimentos Sociais, a partir do envolvimento de professores e alunos.

 

PRINCÍPIOS NORTEADORES DO CURSO

            Para que se atinjam os objetivos propostos, o curso deve seguir os princípios que atendem a uma abordagem multidimensional (técnica, humana, político-social) da educação, partindo da interdisciplinaridade implícita no processo educativo:

  • Princípio sócio-histórico do conhecimento, entendendo o conhecimento como produto da construção histórica do ser humano, que nas suas interações o constrói e reconstrói, conforme suas necessidades.
  • Princípio de uma concepção de sociedade com maior justiça social, que pressupõe melhor qualidade de vida, por meio de diferentes formas de pensar e atuar sobre a realidade, que se apresenta de modo multifacetado, plural e complexo.
  • Princípio da compreensão das diferenças, formadoras da sociedade brasileira. As diferenças de etnia, gênero, classe, que dão origem a diferentes modos de organização da vida, valores e crenças apresenta-se para a educação como um desafio interessante e enriquecedor.
  • Princípio da compreensão da pesquisa como processo educativo, enquanto fio condutor e elemento aglutinador dos demais componentes curriculares, constituindo-se em elemento articulador entre teoria/prática.
  • Princípio da compreensão da práxis, enquanto unidade teoria-prática.
  • Princípio da indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão.

            O Curso de Pedagogia deve ter presente um compromisso com a dinâmica social e estar atento às mudanças que ocorrem no processo histórico, visando a uma permanente avaliação curricular por parte dos professores, alunos e comunidade escolar, a partir da concepção de que o currículo não é algo pronto e imutável, e, sim, um contínuo processo de construção participativa baseada na investigação e prática coletivas.

            Essa proposta de curso se espelha nos princípios defendidos pela ANFOPE:

  • a valorização do trabalho pedagógico;
  • a sólida formação teórica;
  • a pesquisa como forma de conhecimento e de intervenção na realidade escolar;
  • o trabalho coletivo/partilhado;
  • o trabalho interdisciplinar;
  • a relação/unidade teoria-prática.

 

PERFIL PROFISSIONAL DO LICENCIADO EM PEDAGOGIA

   O perfil do Licenciado em Pedagogia a partir da formação comum da docência na Educação Básica está estruturado de forma a garantir uma consistente formação teórica, uma diversidade de conhecimentos e de práticas, que se articulam ao longo do curso. Tem uma sólida formação de base generalista, crítica e ética, possibilitando ao cidadão-profissional aprofundamento em áreas de conhecimento do Curso e desenvolvendo uma preocupação com a formação continuada.

Almeja-se para a formação do profissional da educação, que ele tenha domínio dos conteúdos e a compreensão crítica daquilo que ensina e faz; conheça as novas tecnologias e que as utilize, de acordo com o projeto político de emancipação das classes menos privilegiadas; tenha na sua formação uma especificidade que contribua para o trabalho coletivo e interdisciplinar na escola; e tenha a compreensão das relações entre a escola e a sociedade.

Destacamos para o perfil do egresso algumas preocupações constantes nas proposições em discussão com vistas à elaboração das Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Pedagogia:

  • Promover o desenvolvimento e aprendizagem de crianças do Ensino Fundamental, assim como daqueles que não tiveram oportunidade de escolarização na idade própria;
  • Aplicar modos de ensinar diferentes linguagens, matemática ciências, história e geografia;
  • Atuar, em espaços escolares e não escolares, na promoção da aprendizagem de sujeitos em diferentes fases do desenvolvimento humano, em diversos níveis e modalidades do processo educativo;
  • Estabelecer relações de cooperação entre a instituição educativa, a família e a comunidade;
  • Realizar pesquisas, que proporcionem conhecimentos sobre os educandos, os processos de aprendizagem, o currículo, a organização do trabalho educativo e a prática pedagógica;
  • Apropriar-se de processos de construção do conhecimento científico e pedagógico,
  • Identificar problemas sócio-culturais e educacionais, propondo alternativas, que demonstrem postura investigativa, pensamento lógico e crítico, em face da complexa realidade, com vistas a superar a exclusão social;
  • Desenvolver trabalho em equipe, estabelecendo diálogo entre a área educacional e as demais áreas do conhecimento;
  • Participar da elaboração, implementação e avaliação do projeto político-pedagógico institucional;
  • Relacionar a educação às linguagens midiáticas, ao processo didático-pedagógico, demonstrando domínio das tecnologias de informação e comunicação – TIC - adequadas ao desenvolvimento de aprendizagens significativas;
  • Demonstrar consciência ecológica, étnico-racial e respeito à diversidade nas suas dimensões, por exemplo, de gêneros, classes sociais, culturas, religiões;
  • Reconhecer e respeitar as manifestações cognitivas, emocionais, afetivas dos educandos nas suas relações individuais e coletivas.

 

SABERES, COMPETÊNCIAS E HABILIDADES DA(O) PEDAGOGA(O)

O curso deve proporcionar as competências, atitudes e habilidades coerentes com seus objetivos e com o perfil profissional. Em um curso desta natureza que forma o pedagogo, tendo como base a docência mas também considerando-o como gestor, pretende-se desenvolver na(o) aluno a capacidade de[1][3]:

  • Analisar, descrever e explicar as práticas educativas na escola, à luz de distintas teorias;
  • Dominar os conteúdos específicos às áreas básicas do ensino nas séries iniciais do Ensino Fundamental (Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Naturais, História, Geografia, Arte e Literatura Infantil), estando capacitado a desenvolver a prática pedagógica numa perspectiva multidisciplinar;
  • Interpretar a prática educativa a partir dos conhecimentos sobre a realidade econômica, cultural, política e social brasileira, regional e local;
  • Resolver situações-problemas que exijam análise, síntese, avaliação e aplicação de conhecimentos;
  • Utilizar formas distintas de acessar e processar conhecimentos, estratégias de ensino e materiais didáticos diversificados; bem como compreender as transformações no mundo atual mediadas por novas tecnologias;
  • Articular os conhecimentos científicos com as experiências vivenciadas na prática pedagógica e com a realidade dos alunos;
  • Posicionar-se criticamente frente à realidade de forma a contribuir no processo de construção social consciente e criativamente;
  • Estabelecer relações entre as diferentes áreas do conhecimento, de modo a propiciar ao educando a construção de uma visão de totalidade imprescindível a construção do conhecimento;
  • Propor formas de interação entre a educação escolar, o mundo do trabalho e outras práticas sociais concebendo-as como espaços educativos;
  • Respeitar e tolerar as diferenças - pluralidade de idéias e concepções -, contribuindo para o convívio democrático e o desenvolvimento da sensibilidade ética e da solidariedade;
  • Participar da construção coletiva do projeto político - pedagógico contribuindo no exercício da gestão democrática da educação;
  • Manter-se informado sobre as transformações sociais e sobre os novos conhecimentos produzidos, de forma a definir e redefinir o seu papel de educador;
  • Demonstrar autonomia intelectual no exercício de sua atividade ao tomar decisões e apresentar soluções alternativas no tratamento das questões educativas;
  • Refletir sobre o conhecimento historicamente acumulado, intervindo na construção de um novo saber;
  • Apresentar condições teórico-metodológicas para coordenar e executar programas, projetos e experiências vinculadas a processos formais de escolarização e processos não formais de práticas alternativas em educação.
  • Entender os novos parâmetros da cultura como atividade humana, como prática de produção e de criação;
  • Compreender o processo de trabalho pedagógico que ocorre nas condições da escola, da educação formal e não formal;
  • Compreender a dinâmica da realidade, utilizando-se das diferentes áreas do conhecimento para produzir a teoria pedagógica;
  • Identificar os processos pedagógicos que se desenvolvem na prática social concreta que ocorrem nas instituições escolares e também fora delas, nos demais lócus educativos;
  • Equacionar os fundamentos das políticas públicas em especial no campo educacional e, a partir delas, intervir nas diferentes instâncias, em condições de propor/alterar/contrapor políticas educacionais, pedagógicas e curriculares, de forma a eliminar as discriminações e a seletividade que hoje impedem o acesso e o direito à educação;
  • Buscar articulações que permitam a unidade teoria/prática no trabalho pedagógico;
  • Vivenciar o trabalho coletivo e interdisciplinar no trabalho pedagógico, de forma interrogativa e investigativa, contribuindo para a construção de saberes e conhecimentos no campo educacional;
  • Implementar formas de gestão democrática na escola, estando em condições de organizar e gerir, como profissional, a articulação dos sujeitos escolares entre si e destes com os movimentos sociais fora da escola;
  • Assumir o compromisso de contribuir para a melhoria da educação e das condições sociais sobre as quais ela se dá.

 

Esses saberes são parte do PPP do Curso de Pedagogia, em discussão no Centro de Educação, em 2005.


Título do Profissional:
LICENCIADO EM PEDAGOGIA
Página Alternativa:
http://www.ce.ufpb.br/
Coordenação do Curso : MARIA DO SOCORRO XAVIER BATISTA
Telefone/Ramal: Nenhum conteúdo disponível até o momento
E-mail: Nenhum conteúdo disponível até o momento
Área de Conhecimento CNPQ:
Ciências Humanas
Modalidade de Curso:
Presencial

<< Voltar

SIGAA | STI - Superintendência de Tecnologia da Informação da UFPB / Cooperação UFRN - Copyright © 2006-2018 | sigaa-c.bbn.ufpb.br.sigaa-c | v20181017000018-master