UFPB › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas João Pessoa, 18 de Outubro de 2019

MEDICINA (BACHARELADO)/CCM - João Pessoa(João Pessoa)

 

curso  Nível  Graduação

CENTRO DE CIENCIAS MEDICAS (CCM) - CCM

Projeto Político Pedagógico


Perfil Profissional:

 Perfil do Profissional

 

      O Bacharel em Medicina, egresso do Curso de Medicina, deverá apresentar o seguinte perfil profissional:

         Profissional emocionalmente equilibrado, apto para lidar com suas próprias dificuldades existenciais, e capaz de transmitir, à comunidade e aos pacientes, a confiança e a segurança indispensáveis ao exercício da profissão médica;

             Formação moral, ética e humanística indispensáveis ao exercício digno da profissão de Médico, fazendo-se merecedor da irrestrita confiança que lhe será dispensada na relação Médico-Paciente, na interação com os colegas médicos, com outros profissionais da equipe de saúde e com a comunidade;

      Visão social do papel do Médico e compromisso com a cidadania que o levem a aceitar atividades de planejamento, gestão e política de saúde que lhe forneçam os meios para atingir seus objetivos profissionais;

         Senso de responsabilidade profissional, com capacidade para a auto-avaliação, a aprendizagem continuada e o espírito científico que o conduza à observação, à análise e produção de soluções para os problemas de saúde;

          Domínio de conhecimentos e habilidades necessários à Vigilância à Saúde, à atuação em nível primário e secundário de atenção à saúde, à solução dos problemas prevalentes de saúde e ao primeiro atendimento das urgências e emergências;

       Capacidade de comunicação interpessoal e de comunicação com grupos e comunidades.

 

Área de Atuação:

Campo de Atuação

 

            O Bacharel em Medicina estará apto a trabalhar em equipes multiprofissionais, a vivenciar a Medicina como uma atividade de Vigilância à Saúde e, quando necessário, a atuar resolvendo problemas de saúde prevalentes na nossa população, na preservação da saúde, a prevenção de doenças e com o combate e tratamento das patologias prevalentes na região geopolítica onde vive e atua.  

Competências e Habilidades do Profissional:

Competências e Habilidades

 

O Bacharel em Medicina deverá apresentar as seguintes atitudes, competências e habilidades:

 

a) No Plano Ético:

 

§          Ter equilíbrio emocional, de modo a transmitir confiança e segurança no seu exercício profissional, que deverá ser pautado numa postura ética com visão humanística;

 §          Reconhecer a individualidade bio-psiquico-sociocultural do paciente e seus familiares,

 §          Comunicar-se com facilidade e empatia, respeitando a diversidade de suas idéias, comportamentos, posturas políticas e crenças religiosas;

 §          Atuar em equipes multiprofissionais, relacionando-se de modo ético com os demais profissionais, reconhecendo e valorizando suas competências específicas e, eventualmente, assumindo a liderança da equipe.

 

b) No Plano Intelectual

 

§          Dominar a língua portuguesa e utilizar com propriedade a língua inglesa (opcionalmente a língua espanhola), bem como os recursos de comunicação e pesquisa de informações disponíveis através da informática;

 §          Programar em sua rotina de vida a aprendizagem continuada, de modo a acompanhar a rápida evolução das ciências médicas, com ênfase na auto-aprendizagem e auto-avaliação de seu desempenho;

 §          Dominar a linguagem técnica da Medicina e Ciências afins, de modo a comunicar-se adequadamente com a comunidade profissional, tanto na consulta quanto na produção de publicações científicas;

 §          Dominar o método científico, sendo capaz de observar, analisar, sintetizar e concluir sobre os problemas relacionados com as ciências médicas, produzindo conhecimentos e soluções;

 §          Manter conhecimentos de Medicina atualizados, bem como utilizar o raciocínio crítico de modo a exercer com perícia, prudência e responsabilidade as atividades inerentes à profissão médica.

 

c) No Plano Político-Social

 

§          Lidar com a dinâmica do mercado de trabalho e vivenciar a medicina como atividade ampla, que inclui aspectos educativos (educação sanitária), profiláticos (medicina preventiva) e assistenciais (assistência médica ambulatorial e hospitalar);

 §          Conhecer o Sistema de Saúde vigente no país, analisá-lo de modo crítico, procurando identificar suas vantagens e desvantagens e elaborar propostas para solucionar os problemas cruciais deste Sistema;

 §          Ter senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, conduzindo seus esforços profissionais para transformar a realidade da comunidade aonde vive;

 §          Exercer atividades de planejamento, gestão e política de saúde junto a entidades oficiais, de iniciativa privada, ou ONGs, de modo a ter acesso aos meios que lhe permitam implementar as mudanças necessárias ao cumprimento dos objetivos de preservação do meio ambiente, proteção à saúde e prevenção de doenças.

 

d) No Plano Psicomotor (Habilidades Profissionais):

 

          Atuar em Medicina Preventiva, promovendo estilos de vida saudáveis, planejando e executando campanhas de esclarecimento e educação a grupos de risco, campanhas de vacinação, identificação e atuação adequada em endemias e epidemias;

           Conhecer, interpretar e produzir dados de bioestatística, utilizando-os na identificação de problemas de saúde e na análise de resultados de ações preventivas ou curativas;

           Atuar, em nível primário e secundário de atenção, e resolver, com qualidade, os problemas prevalentes de saúde observados em crianças, adultos, gestantes e idosos, inclusive realizar procedimentos clínicos e cirúrgicos ambulatoriais e o primeiro atendimento das urgências e emergências;

           Utilizar com propriedade os recursos disponíveis para diagnóstico e tratamento, levando em consideração a relação custo-benefício, valorizando a propedêutica clínica e otimizando o uso dos recursos diagnósticos complementares;

          Reconhecer e encaminhar os casos que extrapolem os limites da formação geral do médico, encaminhando-os adequadamente a serviços e profissionais especializados;

          Utilizar técnicas de comunicação para atingir objetivos de educação sanitária na comunidade em que exerça sua profissão.

 

 

Metodologia:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Sistema de Gestão do Curso:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Avaliação do Curso:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Projeto Político Pedagógico:
Baixar Arquivo

SIGAA | STI - Superintendência de Tecnologia da Informação da UFPB / Cooperação UFRN - Copyright © 2006-2019 | producao_csi-jboss-sigaa-2.sigaa-2 | v20191016150756-master