UFPB › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas João Pessoa, 15 de Setembro de 2019

ENGENHARIA QUÍMICA (BACHARELADO)/CT - João Pessoa(João Pessoa)

 

curso  Nível  Graduação

CENTRO DE TECNOLOGIA (CT) - CT

Projeto Político Pedagógico


Perfil Profissional:

Perfil do Engenheiro Química

O egresso do Curso de Engenharia Química deverá ser um profissional diferenciado, com uma formação geral sólida que permita uma visão de conjunto suficiente para o trabalho em equipe, mas especialista o suficiente para resolver problemas que atenda as perspectivas nacionais e regionais da indústria. Assim, o egresso do Curso de Engenharia Química formará profissionais capazes de desempenhar, com propriedade, as atividades de engenharia aplicadas aos processos de transformações da matéria. Estas atividades têm por base o conhecimento tecnológico e de engenharia sobre um sólido conhecimento científico, formando um profissional capaz de assimilar as rápidas transformações que ocorrem no mundo, e competência para idealizar, operar, controlar e desenvolver processos e produtos na indústria de transformação da matéria. 

Área de Atuação:

 Campo de Atuação Profissional

O Engenheiro Químico tem por função elaborar, executar e controlar projetos de instalação e expansão de indústrias químicas. Cabe-lhe também organizar, dirigir e fiscalizar a produção de materiais para a fabricação de produtos químicos, bem como pesquisar a transformação físico-química das substâncias reduzindo-as a escalas comerciais - por exemplo, a fabricação de produtos químicos derivados de petróleo, metais, minérios, produtos alimentares e sintéticos. Seus campos de atuação mais frequentes são as indústrias dos setores de:

• Química e Petroquímica;

• Açúcar e Álcool;

• Fármacos e Química Fina;

• Alimentos e Bebidas;

• Papel e Celulose;

• Materiais de Construção, Plásticos, Refratários e Cerâmicos;

• Fertilizantes;

• Tintas e Vernizes;

• Cosméticos e Perfumes. Nesse contexto, o engenheiro químico poderá se ocupar de áreas como: • Engenharia de Processos e de Produção;

• Engenharia Ambiental;

• Bioengenharia;

• Engenharia de Segurança;

• Pesquisa e Desenvolvimento;

• Gerência de Tecnologia e Economia de Processos.

• Vendas Técnicas;

• Consultoria.

Competências e Habilidades do Profissional:

 Competências, Atitudes e Habilidades

O Curso de Engenharia Química da UFPB prevê que o Engenheiro Químico formado deverá possuir as seguintes habilidades e competências técnicas:

• Aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à engenharia;

• Projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados;

• Planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de engenharia;

• Conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos;

• Identificar, formular e resolver problemas de engenharia;

• Desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas;

• Supervisionar a operação e a manutenção de sistemas;

• Avaliar criticamente a operação e a manutenção de sistemas;

• Comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;

• Atuar em equipes multidisciplinares;

• Compreender e aplicar a ética e a responsabilidade profissionais;

• Avaliar o impacto das atividades da engenharia no contexto social e ambiental;

• Avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia. 

Metodologia:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Sistema de Gestão do Curso:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Avaliação do Curso:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Projeto Político Pedagógico:
Baixar Arquivo

SIGAA | STI - Superintendência de Tecnologia da Informação da UFPB / Cooperação UFRN - Copyright © 2006-2019 | producao_csi-jboss-sigaa-3.sigaa-1 | v20190909073801-master