PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA (PPGE)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
83 3216-7482
http://www.ufpb.br/pos/ccsa/ppge

Notícias


Banca de DEFESA: MARCUS VINÍCIUS AMARAL E SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCUS VINÍCIUS AMARAL E SILVA
DATA: 10/03/2014
HORA: 10:30
LOCAL: SALA 01 DO BLOCO DA PÓS-GRADUAÇÃO - CCSA
TÍTULO: Dois Ensaios em Macroeconomia
PALAVRAS-CHAVES: Regra de positiva monetária; Curva de Phillips Novo-Keynesiana; Regressores endógenos; Quebras estruturais; Brasil
PÁGINAS: 59
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Economia
RESUMO: Esta dissertação é composta por dois ensaios. O primeiro ensaio tem como objetivo realizar testes de quebra estrutural na função de reação do Banco Central do Brasil para avaliar possíveis mudanças na condução da política monetária no Brasil, levando-se em conta que os regressores da função de reação são potencialmente variáveis endógenas. Para isto, é utilizada a metodologia desenvolvida por Hall et al. (2012) que, utilizando uma extensão da estrutura desenvolvida por Bai e Perron (1998), elaboram um método capaz de identificar múltiplas quebras estruturais em períodos desconhecidos. Os principais resultados apontam para a presença de quebras estruturais nas três funções de reação estudadas. Além disso, as ações da política monetária, por meio da taxa de juros Selic, parecem sofrer maior influência dos desvios da inflação em torno de sua meta, comparativamente a variações no hiato do produto e na taxa de câmbio. O segundo ensaio estima uma curva de Phillips novo-keynesiana com regressores endógenos e parâmetros variando no tempo para avaliar possíveis impactos de mudanças na condução das políticas econômicas no Brasil, sob a estabilidade dos parâmetros associados, no período de 2002.02 a 2013.12. A estratégia econométrica é baseada no estudo de Hall et al. (2012), os quais utilizam uma extensão da estrutura desenvolvida por Bai e Perron (1998) para modelos lineares com regressores endógenos, estimados via variáveis instrumentais, que possibilita a identificação de múltiplas quebras estruturais desconhecidas. A estimativa dos parâmetros do modelo é realizada pelo método de Mínimos Quadrados em Dois Estágios (MQ2E). Os resultados para os modelos utilizados mostram que há ao menos uma quebra estrutural na curva de Phillips estimada, entre setembro e outubro de 2003. Período este de recondicionamento das expectativas dos agentes, dado um fator inicial de imprevisibilidade quanto ao comportamento do novo governo. Neste período, a resposta da taxa de inflação à expectativa de inflação apresentou forte elevação, Em outras palavras, a taxa de inflação pareceu ter se tornado mais sensível às expectativas dos agentes acerca da inflação futura.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2508529 - BRUNO FERREIRA FRASCAROLI
Presidente - 1522969 - EDILEAN KLEBER DA SILVA BEJARANO ARAGON
Externo à Instituição - JORGE LUIZ MARIANO DA SILVA

Notícia cadastrada em: 06/03/2014 15:09