PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA (PPGE)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
83 3216-7482
http://www.ufpb.br/pos/ccsa/ppge

Notícias


Banca de DEFESA: ELISEU MARQUES FERREIRA DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELISEU MARQUES FERREIRA DE OLIVEIRA
DATA: 29/08/2016
HORA: 10:00
LOCAL: PPGE CCSA UFPB
TÍTULO: O ARRANJO PRODUTIVO E INOVATIVO LOCAL DO CINEMA DE JOÃO PESSOA.
PALAVRAS-CHAVES: Economia da Cultura, Arranjos e Sistemas Produtivos Locais (ASPIL); Inovação, Cooperação e Aprendizado; Tipologia para ASPILs.
PÁGINAS: 110
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Economia
RESUMO: Utilizando-se da abordagem sistemica da Teoria Neo-Schumpeteriana de Sistemas de Inovacao, esta dissertacao identifica, mapeia e analisa sistematicamente o arranjo produtivo inovativo local do Audiovisual de Joao Pessoa. A atividade cinematografica de Joao Pessoa possui diversos atores nas formas de organismos culturais, instituicoes de ensino, de apoio e promocao, etc. Busca-se identificar como estes atores interagem entre si nas formas de cooperacao e apoio, como tambem a maneira como o conhecimento, em forma de aprendizado, se propaga pelos atores do arranjo. Para o processo de identificacao e mapeamento do arranjo, foi utilizada a metodologia proposta pela Rede de Pesquisa em Sistemas Produtivos e Inovativos Locais, REDESIST, que consiste na aplicacao de um questionario dividido em dois blocos: informacoes coletadas em instituicoes locais e outras fontes estatisticas oficiais; Bloco B – informacoes obtidas atraves de agentes economicos empresariais inseridos dentro do contexto do ASPIL. Ademais, para o processo de analise sistemica do ASPIL foi aplicada a tipologia apresentada por Cavalcanti Filho (2011). A aglomeracao economica e classificada como arranjo e nao como sistema, uma vez que a atividade depende de atores externos a dimensao territorial do arranjo, tais como fornecedores, empresas de distribuicao, etc. Como caracteristica marcante da atividade economica no Brasil, este arranjo encontra-se num estagio incipiente de cooperacao e parceria, embora sem esta a atividade nao se sustente. O arranjo e classificado como Dinamicamente dependente uma vez que apenas as dimensoes de producao e inovacao encontram raizes locais.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 330303 - IVAN TARGINO MOREIRA
Externo à Instituição - LUCIA MARIA GOES MOUTINHO
Interno - 1071458 - PAULO FERNANDO DE MOURA BEZERRA CAVALCANTI FILHO

Notícia cadastrada em: 11/08/2016 12:30