PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA (PPGE)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
83 3216-7482
http://www.ufpb.br/pos/ccsa/ppge

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA EDUARDA DE LIMA E SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA EDUARDA DE LIMA E SILVA
DATA: 20/07/2017
HORA: 08:00
LOCAL: SALA PPGE
TÍTULO: ENSAIOS SOBRE AVALIAÇÃO ECONÔMICA DO PROGRAMA FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL
PALAVRAS-CHAVES: PFPB. Índice de equidade. Análise Envoltória de Dados Múltipla (MDEA). Análise de sobrevivência. Varejo farmacêutico
PÁGINAS: 56
RESUMO: Esta dissertação tem por objetivo investigar os efeitos do Programa Farmácia Popular do Brasil (PFPB) sobre indicadores econômicos e de saúde. Como parte integrante da política nacional de saúde, este segue os mesmos princípios e diretrizes que guiam o Sistema Único de Saúde (SUS): integralidade, universalidade e equidade ao acesso aos serviços de atendimento à saúde. Assim, percebe-se que a implantação do programa proporciona benefícios líquidos à sociedade, ao governo e as empresas. Contudo, dada a significativa concentração dos recursos destinados ao PFPB nas regiões mais ricas do país, percebe-se que de fato, a execução do Programa pode disto ar de seus princípios institucionais. Dessa forma, o primeiro capítulo pretende criar um critério equitativo de distribuição dos recursos do PFPB entre os estados do Brasil, de forma que os valores repassados ao Programa sejam distribuídos segundo as necessidades locais de cada estado. Os índices de equidade foram obtidos a partir da Análise Envoltória de Dados Múltipla (MDEA) que consiste em uma extensão do método Análise Envoltória de Dados (DEA) permite um estudo comparativo entre os estados. Os resultados encontrados, demonstram que a expansão do programa ocorreu segundo fatores socioeconômicos e demográficos. Verifica-se que o PFPB, se inseriu intensamente nas regiões Sul e Sudeste, enquanto as regiões mais pobres enfrentam elevado déficit relativo de cobertura. Já o segundo capítulo, pretende avaliar os efeitos do PFPB sob a ótica da empresa. Considerando as características do mercado farmacêutico brasileiro: oligopolizado, concorrido e complexo, este ensaio objetiva investigar o impacto da adesão ao Programa sobre a taxa de sobrevivência das farmácias independentes, uma vez que o cadastramento das drogarias ao PFPB pode representar uma estratégia de varejo que visa a diversificação e divulgação das lojas independentes na localidade onde estas estão instaladas. Ademais, a dispensação gratuita de medicamentos, em atendimento ao Programa pode representar a ampliação e estabilização da demanda percebida pelos empresário, sendo um fator de alavancagem dos negócios. Para tanto, será utilizado o método de análise de sobrevivência.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1813840 - ALESSIO TONY CAVALCANTI DE ALMEIDA
Interno - 2476028 - HILTON MARTINS DE BRITO RAMALHO
Interno - 1577955 - JOSE LUIS DA SILVA NETTO JUNIOR

Notícia cadastrada em: 19/07/2017 15:20