PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM JORNALISMO (PPJ)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA ALICE DE CARVALHO CORREIA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA ALICE DE CARVALHO CORREIA
DATA: 16/10/2015
HORA: 10:00
LOCAL: CCTA
TÍTULO: CONTEÚDOS DIGITAIS INTERATIVOS PARA TV UFPB SOBRE A TERCEIRA IDADE: UMA PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO A PARTIR DA PLATAFORMA GINGA E DO PROJETO BRASIL 4 D
PALAVRAS-CHAVES: Palavras- chave: TV Pública. TV Digital. Interatividade. Terceira Idade.
PÁGINAS: 97
RESUMO: RESUMO A televisão no Brasil é a principal fonte de informação, entretenimento e cultura, para a maioria dos brasileiros. Com essa assertiva fomos motivados a investigar e entender melhor o fenômeno da evolução tecnológica no foco da digitalização da televisão, seus efeitos e os impactos socioculturais. Perante a realidade da desconstrução sistemática do fazer vertical tradicional, o novo cenário redesenha novos paradigmas de horizontalidade da produção jornalística de forma irreversível. A execução de um trabalho integrado, no qual jornalistas, informáticos, engenheiros, publicitários, designers e outros profissionais, numa sincronia de transdisciplinaridade, é o novo desafio da TV digital e interativa. Segundo dados da Pnad/IBGE 2011, a televisão é a mídia que abrange mais de 97% dos domicílios brasileiros, portanto, a digitalização da TV sinaliza perspectivas para vivenciarmos novas possibilidades para as relações sociais. Atualmente no Brasil temos 8,6% da população total de idosos, o que vale dizer que 16 milhões estão na faixa de mais de 60 anos e que a projeção para 2.025 é de 32 milhões de idosos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a expectativa de vida alcança os 71 anos (dez 2002), e até 2050, atingirá 76 anos, isto é, um idoso a cada cinco pessoas. Portanto, o número de pessoas centenárias aumentará 15 vezes no Brasil (censo 2000) o que justifica a iniciativa dessa pesquisa, que vislumbra concretizar, no telejornalismo da TVUFPB, um quadro interativo personalizado para esse nicho. A produção de conteúdo audiovisual interativo visa contribuir para tornar os cidadãos mais conscientes sobre as novas possibilidades que a tecnologia proporciona, mais aptos a interagirem e aproveitarem os seus potenciais recursos, como também, viabilizar a melhoria da saúde física, emocional e social desse público. Para isso, propomos utilizar os recursos interativos da plataforma Ginga, testados com sucesso na experiência piloto do “PROJETO BRASIL 4D” (Desenvolvimento, Democracia, Diversidade e Digital), que foi pioneiro na Paraíba. Dessa forma, efetivaremos mais um passo na consolidação da interatividade na televisão brasileira.
MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 335603 - ANTONIA OLIVEIRA SILVA
Presidente - 1125675 - SANDRA REGINA MOURA
Interno - 1456438 - VALDECIR BECKER