PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM JORNALISMO (PPJ)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: WANJA NOBREGA CAVALCANTE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WANJA NOBREGA CAVALCANTE
DATA: 01/12/2015
HORA: 10:00
LOCAL: CCTA
TÍTULO: UMA ANÁLISE DE COMO OS JORNALISTAS QUE ATUAM NAS REDAÇÕES DE JOÃO PESSOA SE RELACIONAM COM A ÉTICA PROFISSIONAL
PALAVRAS-CHAVES: Palavras-chave: Ética. Jornalistas. Mercado de trabalho. João Pessoa.
PÁGINAS: 93
RESUMO: RESUMO Esta dissertação tem como principal objetivo analisar a maneira como os jornalistas pessoenses enxergam a si mesmos sob o ponto de vista da ética. O percurso metodológico para realização deste estudo é um híbrido de várias ferramentas de pesquisa, dentre as quais a observação, a participação, entrevistas (estruturadas e semi-estruturadas) e, naturalmente, uma base teórica construída a partir de autores que dialogam com a pesquisadora sobre reflexões a cerca do comportamento do homem em sociedade e da ética. Para tanto, foi necessário recuar no tempo para encontrar a gênese dos estudos das normas morais, iniciados ainda na Grécia, e refazer seu longo percurso ao longo dos séculos, apresentando as várias correntes do pensamento filosófico sobre o agir do homem, até chegar a uma ética voltada exclusivamente às atividades laborais. A pesquisa que norteia este trabalho revela que o jornalista de João Pessoa demonstra insatisfação quanto ao modus operandi do mercado profissional onde atua. Entretanto, cada um dos entrevistados se exclui das críticas, como se não fizesse ele próprio parte deste mercado. Assim, o estudo pretende refletir sobre como esses jornalistas atribuem ao métier desvios éticos nocivos à prática do bom jornalismo, sem perceber sua inter-relação com o meio. A pesquisa se propõe, por fim, expor as particularidades do mercado de trabalho jornalístico local, como forma de contextualização, especialmente no que tange às baixas remunerações salariais, que obrigam os profissionais a se submeterem a jornadas duplas e até triplas de trabalho, apresentando, ainda, o conceito de ética jornalística por parte dos mandatários dos veículos de comunicação.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 336290 - JOSE DAVID CAMPOS FERNANDES
Externo à Instituição - SILVANO ALVES BEZERRA DA SILVA
Presidente - 1456438 - VALDECIR BECKER