PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM JORNALISMO (PPJ)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: RAFAEL DE ARAUJO MELO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAEL DE ARAUJO MELO
DATA: 30/03/2017
HORA: 09:00
LOCAL: CCTA
TÍTULO: RECURSOS LINGUÍSTICOS ORAIS NO TELEJORNALISMO: ESTRATÉGIAS DE AUDIÊNCIA NO TEXTO DO JPB 1ª EDIÇÃO
PALAVRAS-CHAVES: Texto telejornalístico, Oralidade, Audiência, Interação
PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
RESUMO: O presente trabalho discute a atualizacao do texto jornalistico de Televisao analisando os recursos linguisticos orais que sao utilizados. Parte-se da hipotese de que a lingua e utilizada nao somente para informar mas, sobretudo, para buscar identificacao do publico com o telejornal, uma especie de contrato de leitura linguistico com o publico. Isto resulta em manutencao e ampliacao da audiencia. O objetivo da pesquisa e descrever como esta atividade e feita no telejornalismo a partir de um programa local. Para isso, analisamos os textos produzidos no JPB 1ª Edicao, ressaltamos os termos, expressoes e colocacoes oriundas da oralidade, em particular o aspecto informal, e os analisamos a luz de teorias da comunicacao e da linguistica, considerando a pragmatica, a funcionalidade da lingua, que atende aos preceitos novos do telejornalismo. Discutimos tambem a intencionalidade performativa dos textos e apresentamos as orientacoes dos manuais de redacao jornalistica para TV que foram elaborados mais recentemente. Deste modo, queremos saber como os recursos linguisticos orais sao utilizados como estrategias de audiencia no texto telejornalistico do JPB 1ª Edicao. Assim, buscamos identificar estes recursos, analisa-los e categoriza-los, alem de verificar as possibilidades de efeitos visados pelo produtor. Acompanhamos as edicoes do telejornal e catalogamos os registros de linguagem coloquial ou proximista para, em seguida, analisa-los. Como resultado da pesquisa surge uma reflexao sobre as variacoes e as mudancas linguisticas e uma analise da interacao provocada a partir do texto dos jornais. Em suma, o trabalho consegue compreender e mostrar porque a escolha da linguagem passa fundamentalmente pelo eixo da audiencia.
MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALOISIO DE MEDEIROS DANTAS
Interno - 862.070.164-91 - FERNANDO FIRMINO DA SILVA - UFBA
Presidente - 1456438 - VALDECIR BECKER