PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM JORNALISMO (PPJ)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: VERONICA MARIA RUFINO DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VERONICA MARIA RUFINO DE SOUSA
DATA: 12/04/2017
HORA: 17:00
LOCAL: CCTA
TÍTULO: JORNALISMO E ACESSO À INFORMAÇÃO: A experiência dos jornalistas do Correio da Paraíba e do Jornal da Paraíba.
PALAVRAS-CHAVES: Acesso à informação pública. Lei de Acesso à Informação. Jornalismo.
PÁGINAS: 124
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
SUBÁREA: Jornalismo e Editoração
RESUMO: A Lei de Acesso a Informacao (LAI), Lei Nº 12.527/2011, que entrou em vigor no dia 16 de maio de 2012, representa, para o cidadao, a possibilidade de maior participacao na esfera publica, fortalecendo, consequentemente, a democracia e incentivando acoes de accountability – ou seja, maior prestacao de contas por parte dos gestores publicos. Para os jornalistas, o dispositivo legal surge como instrumento de obtencao de informacoes de interesse publico, que muitas vezes tendem a ser ocultadas pelo governo. Neste sentido, esta dissertacao apresentou a utilizacao da LAI por jornalistas paraibanos, averiguando as possiveis alteracoes que o dispositivo legal ocasionou as rotinas produtivas destes profissionais. A partir de um mapeamento das materias que citam a lei, publicadas nos jornais Correio da Paraiba e Jornal da Paraiba, nos tres primeiros anos de sua vigencia (ou seja, do mes de maio de 2012 a maio de 2015), e da realizacao de entrevistas com os profissionais dos jornais mencionados, foram constatados os seguintes resultados: as abordagens referentes a LAI nos jornais tratam, restritamente, dos interesses dos gestores politicos paraibanos; os principais problemas encontrados pelos jornalistas na utilizacao da lei referem-se a incompatibilidade do prazo para retorno das demandas pelos orgaos publicos com o deadline das Redacoes e a insuficiencia de informacoes disponibilizadas. Desta forma, pouco se tem utilizado a lei na producao de textos jornalisticos, tendo tais profissionais recorrido preferencialmente as Assessorias de Imprensa e ao proprio gestor publico para conseguir informacoes, ou seja, nao houve alteracoes significativas nas rotinas produtivas dos jornalistas que atuam nos meios impressos da Paraiba.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2160518 - PEDRO BENEVIDES
Interno - 1125675 - SANDRA REGINA MOURA
Externo à Instituição - ALMIRO DE SA FERREIRA