PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA (PPGE)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone:
83 3216-7482

Internacionalização

O PPGE/UFPB tem realizado grande esforço para internacionalizar os resultados de suas atividades de pesquisa por meio de submissões e aceites de trabalhos do corpo docente em importantes periódicos internacionais. O resultado desse esforço pôde ser visto na avaliação quadrienal do período 2013-2016. Nesse período, o PPGE/UFPB teve 12 artigos publicados em revistas A1, 1 artigo em revista A2 e 3 artigos em revistas B1 internacional. Em termos relativos, a produção do PPGE/UFPB em A1, A2 e B1 internacional correspondeu a aproximadamente 32% da produção total do programa. Vale ressaltar que, dos doze trabalhos do PPGE/UFPB em revistas A1, cinco deles foram publicados em revistas renomadas, tais como Journal of the American Statistical Association – Theory and Methods Section, Journal of Applied Econometrics, Review of Income and Wealth, Review of International Economics e Economic Letters.

É importante destacar a evolução da produção do PPGE/UFPB em revistas A1 e A2 no quadriênio 2013-2016 em relação ao triênio 2010-2012. Nesse período, foi possível observar que a produção qualificada internacional do PPGE/UFPB apresentou um crescimento de aproximadamente 250%, sendo o centro da região Nordeste que apresentou a maior pontuação em revistas internacionais A1 e A2. 

Ainda visando a internacionalização, o PPGE tem realizado, desde 2013, um ativo intercâmbio com a University of Tennessee. Esse convênio, formalizado entre a UFPB e a University of Tennessee em 2015, tem propiciado a realização de dois doutorados sanduíches e um pós-doutorado com bolsas da CAPES. Como importante resultado desse convênio, tivemos a publicação de artigos de discentes e docentes do programa em revistas internacionais (tais como Review of International Economics, Economic Letters e Empirical Economics). 

Em 2017, o esforço do PPGE/UFPB para internacionalizar sua pesquisa resultou na publicação de quatro artigos em periódicos internacionais Qualis A1 e A2, a saber: Journal of Applied Econometrics, Journal of Economic Studies - Bradford, Economic Moddelling e Empirical Economics. Em relação ao ano de 2019, ressalta-se que aproximadamente 64% da produção docente em periódicos está em língua estrangeira, em específico, no idioma inglês.

Em adição as informações acima, é importante mencionar o envio e aprovação de Memorando de Entendimento (MoU) entre a Kansas State University (doravante K-State) nos Estados Unidos da América e a Universidade Federal da Paraíba (doravante UFPB) em João Pessoa, Brasil. Entre as atividades realizadas a partir deste, ressaltamos a presença do professor Dr. Peri Agostinho da Silva Junior, ministrando o curso de Tópico Especiais em Métodos Quantitativos no período de 11 de Março a 12 de Julho de 2019. Atualmente o professor Dr. Peri Agostinho da Silva Junior está vinculado ao departamento de Economia da Kansas State University (KState) e é o responsável pelo convênio de cooperação acadêmica e educacional entre as duas instituições. Outro fruto desse convênio é a participação do Professor Dr. Marcellus M. Caldas, Pró-Reitor Assistente de Colaborações Internacionais, vinculado ao departamento de Geografia da K-State, na aula Magna do PPGE em março de 2020.

Por fim, ressaltamos que em 2018 o PPGE aderiu ao Programa Institucional de Internacionalização (PRINT) e no período de 30 de Agosto a 09 de Setembro do ano de 2019 houve a primeira missão de trabalho, realizada pelo professor André de Mattos Marques junto a Universitat de les Illes Balears - Espanha. Atividade desenvolvida está ligada ao Projeto Eficiência e Diversidade regional: efeitos de aglomerações sobre o desenvolvimento econômico em regiões da União Europeia. O objetivo foi a elaboração de trabalho de pesquisa com o professor Victor Troster da Universitat de les Illes Balears, para a assinatura de convênio entre ambas as Universidades, no tema de big data. Benefícios para a UFPB: o convênio pode permitir que disciplinas sejam cursadas pelos estudantes da UFPB e, posteriormente, o programa de Economia pretende gerar uma pós-graduação em big data. Esta é uma linguagem importante no tema 2 do Print UFPB.