UFPB › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas João Pessoa, 12 de Novembro de 2019

TURISMO (BACHARELADO)/CCTA - João Pessoa(João Pessoa)

 

curso  Nível  Graduação

CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES (CCTA) - CCTA

Projeto Político Pedagógico


Perfil Profissional:

Perfil do Bacharel em Turismo

         

           O profissional de turismo, face à extrema complexidade da sua área de atuação, deve receber uma formação interdisciplinar que o prepare para ser um técnico com formação superior, em nível de graduação, apto a planejar e executar projetos turísticos da iniciativa pública e privada, organizar e administrar empresas e instituições do setor turístico em geral e equipamentos de turismo particulares ou públicos. 

Área de Atuação:

  Campo de Atuação

 

          O profissional graduado em turismo pela Universidade Federal da Paraíba, de acordo com a proposta deste projeto pedagógico, poderá atuar em organizações ligadas à atividade turística, públicas (prefeituras, secretarias de turismo de Estados e municípios,  instituições de fomento ao turismo em sua generalidade) ou privadas (meios de hospedagem, alimentação & bebidas, lazer & recreação, transportes, agências e operadoras de viagens) associações, organizações não governamentais, órgãos internacionais, dentre outras. A sua formação permitirá o conhecimento para realização de atividades relacionadas ao planejamento (elaboração de projetos, inventário e diagnóstico de municípios ou áreas de potencialidade turística) gestão de empreendimentos turísticos ou não, trabalhar com consultorias e/ou assessorias, desenvolver atividades inerentes a eventos locais, regionais, nacionais e internacionais, planos de marketing, pesquisa de marketing, acompanhar obras de recuperação do patrimônio histórico, artístico e cultural local, urbanização de espaços de interesse turístico, entre outros. Face sua formação eclética e generalista, que o preparará para entender e acompanhar os dinâmicos processos dos fenômenos do turismo (âmbito nacional e global), nos setores políticos, econômicos e sociais, poderá intervir positivamente no mercado turístico com sua inserção em espaços novos, emergentes ou inventariados. Sua atuação também poderá acontecer no campo da cultura, área muito importante para o turismo na avaliação e incremento das atividades artísticas, folclóricas, artesanais, gastronômicas, religiosas, e demais ocorrências culturais do universo de manifestações da comunidade humana. Terá, também, a formação para promover o desenvolvimento sustentável, preocupando-se com a inclusão social nos processos de desenvolvimento turístico, considerando, primordialmente, que a atividade deve ser um vetor do bem comum da coletividade, em modelo de desenvolvimento sócio-econômico, resultante da exploração do turismo local, amplo, geral e irrestrito ao incluir a população das comunidades receptoras e jamais fator de exclusão.

Competências e Habilidades do Profissional:

Competências e Habilidades do Bacharel em Turismo

 

           O bacharel em Turismo deve ser preparado para gerir seu próprio negócio e administrar sua empresa através de uma preparação acadêmica que vise o empreendedorismo. O turismólogo deve ser capaz de identificar e avaliar oportunidades, elaborar um plano de negócios, determinar e captar recursos necessários para o funcionamento de uma empresa turística e desenvolver as habilidades gerenciais para tomar decisões em mercados altamente competitivos e em constante transformação. A formação do profissional de turismo também deve estimular o intraempreendedorismo. O profissional de turismo deve estar preparado para lidar com as dificuldades inerentes à gestão do próprio negócio, bem como ter conhecimento para lidar com o gerenciamento de associações, cooperativas, franquias, joint-ventures, parcerias, empresas terceirizadas e fundações. Sua formação também permitirá o conhecimento para a gestão de pessoas, gestão da qualidade e suas ferramentas, planejamento estratégico, efetuar cálculos contábeis e entender de finanças empresariais. Como gestor, o bacharel em turismo deve aprimorar o conhecimento de línguas estrangeiras, para facilitar e promover a interação, acordos e transações entre outros países. Nesse sentido, o aluno do Curso de Turismo da Universidade Federal da Paraíba fará parte de um processo de formação que estimule a necessidade de realização e capacidade de assumir riscos, recebendo conhecimento e instrumentação necessários para ser um tomador de decisão, habilidade para atuar em diversas funções da atividade turística, atendendo a modelos do conceito enciclopedista de “iluminar”, de possibilidade de ampliação de visão de mundo, privilegiando o pensar acadêmico e o treinamento práticoprofissional. Ao atuar como profissional de turismo de nível superior, o turismólogo deve contemplar os processos de comunicação interpessoal, intercultural e expressão correta e precisa sobre aspectos técnicos da realidade das organizações turísticas, além de desenvolver habilidades quantitativas e qualitativas, com criatividade e aptidão para os constantes processos de aperfeiçoamento e treinamento. A habilidade principal do graduado é, genericamente, entender a totalidade dos processos do turismo, suas interfaces, suas variáveis macro e micro ambientais e neles intervir criativamente, tendo, ao mesmo tempo, conhecimento do setor como produto econômico e como fenômeno sócio-cultural dinâmico e complexo que promove mudanças nos ambientes naturais e sociais. O profissional de turismo deve resumidamente:

 • Compreender a realidade internacional (guerras, política, violência, transformações ambientais) e a forma como esta pode afetar as organizações turísticas públicas, privadas, e organizações não-governamentais, sejam estas de caráter internacional, ou mesmo nacional;

 • Reconhecer a influência cultural na atividade turística, na realização de eventos, nos projetos de governo e na elaboração de planos de desenvolvimento;

• Analisar a formação e as transformações dos mercados internacionais e as possíveis estratégias de atuação dos agentes econômicos nacionais nestes mercados;

 • Conhecer os principais acordos, tratados e organismos internacionais, de modo a auxiliar no entendimento das políticas públicas do turismo e o funcionamento de órgãos como ONU, OMT, OMC, dentre outros;  

• Capacidade de comunicação e fluência em idiomas.

• Entender as dimensões ambientais da atividade turística, sua complexidade, impactos e dimensões, contribuindo para o turismo sustentável;

 • Auxiliar no desenvolvimento de estratégias de negócios para empresas do setor turístico;

• Desenvolver planos, estratégias e pesquisas de marketing para promover a imagem de localidades, regiões e países;

• Capacidade de elaborar plano de negócios, planejamento estratégico e implementar ferramentas de qualidade total;

• Conhecer os sistemas de transporte e logística como parte fundamental do desenvolvimento da atividade;

 • Gerir empresas de alimentação & bebidas, lidando com o planejamento, controle, armazenamento, estocagem e controle de qualidade dos alimentos;

• Gerir empresas de hospedagem, entender seu funcionamento e estrutura, através de princípios de hospitalidade;

• Entender o funcionamento de agências, operadoras e outras empresas do trade turístico;

• Ter noções de gestão de capital de giro, fluxo de caixa, gerenciamento de contas, orçamento e desempenho financeiro. 

Metodologia:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Sistema de Gestão do Curso:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Avaliação do Curso:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Projeto Político Pedagógico:
Baixar Arquivo

SIGAA | STI - Superintendência de Tecnologia da Informação da UFPB / Cooperação UFRN - Copyright © 2006-2019 | producao_sigaa-1.sigaa-1 | v20191111170030-master