PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DAS RELIGIÕES (PPGCR)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
(83) 3209-8321
http://www.ufpb.br/pos/ppgcr

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: TIAGO ALVES CALLOU

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TIAGO ALVES CALLOU
DATA: 13/12/2018
HORA: 09:30
LOCAL:
TÍTULO: “MAS QUE CAMINHO TÃO LONGE E CHEIO DE PEDRA E AREIA”: PERCURSOS DE VIDAS TRANSEXUAIS E TRAVESTIS NAS ROMARIAS DE PADRE CÍCERO
PALAVRAS-CHAVES: Padre Cícero. Transgêneros. Catolicismo Popular.
PÁGINAS: 89
RESUMO: As primeiras romarias ao povoamento de Joaseiro datam de 1889, quando houve um deslocamento de pessoas do município do Crato para o povoado, após a divulgação do milagre da hóstia que envolviam o padre Cícero e a Beata Maria de Araújo, fomentando as práticas devocionais, bem como o catolicismo popular, que na época era combatido pelo movimento de romanização do catolicismo, havendo mudanças nesse panorama após o Concílio Vaticano II. O carisma do padre com os sertanejos em conjunto com as hierofanias decorrentes dos lenços ensanguentados da beata, deram motivação para um fluxo de deslocamentos constantes de sujeitos que buscavam e buscam na cidade de Juazeiro o sagrado, considerando-a a “nova Jerusalém”, uma terra de conversão e penitência. A história de Juazeiro, bem como a das próprias romarias, perpassa por um processo de invisibilização de gênero, inicialmente com a beata Maria de Araújo, e na atualidade, com a população transgênero nas suas práticas devocionais. A presente pesquisa busca compreender a inserção dos sujeitos transgêneros nas práticas católicas populares, em especial, nas romarias de padre Cícero, partindo dos relatos das histórias de vidas desses indivíduos, utilizando para tal, a perspectiva etnográfica, que permite uma maior inserção no campo para compreender o fluxo das romarias. A categoria de romeiro é fluida e em constante construção a partir das realidades dos sujeitos que a compõem. Nesse panorama, a população transgênero ressignifica as práticas populares, em especial a inserção dos seus corpos nas romarias, tentando vivenciar um catolicismo na medida das suas possibilidades.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1774137 - DILAINE SOARES SAMPAIO
Externo à Instituição - EDUARDO MEINBERG DE ALBUQUERQUE MARANHAO FILHO
Externo à Instituição - RENATA MARINHO PAZ

Notícia cadastrada em: 07/12/2018 23:20