PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DAS RELIGIÕES (PPGCR)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone:
Não informado

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: MARINEIDE FELIX DE QUEIROZ BRITO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARINEIDE FELIX DE QUEIROZ BRITO
DATA: 13/12/2019
HORA: 00:00
LOCAL: SALA 320
TÍTULO: UM OLHAR PARA A DIVERSIDADE RELIGIOSA NOS GRUPOS TERAPÊUTICOS PSICOLÓGICOS NA CIDADE DE GOIANA-PE
PALAVRAS-CHAVES: Diversidade religiosa. Espiritualidade. Intolerância religiosa. Grupos terapêuticos.
PÁGINAS: 89
RESUMO: A presente dissertação versa sobre a diversidade religiosa que tem despertado significativos trabalhos e pesquisas no âmbito da academia. Trata-se de questões acerca das diversas espiritualidades presentes nos grupos e de que forma elas influenciam na convivência e no respeito à pluralidade cultural presente nos mesmos. Tem como objetivo central analisar as influências religiosas em pacientes inseridos em grupos terapêuticos de psicologia, bem como as questões da interculturalidade como elemento importante para o aprendizado no convívio com as crenças religiosas, suas práticas e manifestações; e como objetivos específicos: a) investigar a pluralidade religiosa, quanto a influência do sentido e da compreensão das múltiplas religiões, que interferem ou não na formação do desenvolvimento pessoal dos sujeitos inseridos na pesquisa; b) verificar se grupos terapêuticos favorecem uma educação cidadã de modo que qualifica os indivíduos para uma aprendizagem consciente quanto existência da interculturalidade religiosa. A pesquisa está fundamentada à luz dos teóricos como: Berger (2017), Boff (2009), Durkheim (1996), Eliade (1992), Yalom (2006), entre outros. A abordagem metodológica empregada é quantitativa/qualitativa e adota um estudo analítico/descritivo. Os instrumentos de pesquisa utilizados foram o diário de campo, a observação participante e a entrevista semiestruturada. Os resultados estão demonstrados em gráficos, tabelas e nas análises cuidadosamente analisadas nos conteúdos existentes. Os dados coletados revelaram que a diversidade religiosa é um fator preponderante e que pode ser compreendida, ou não, pelos sujeitos inseridos nos grupos terapêuticos estudados.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1548297 - LUSIVAL ANTONIO BARCELLOS
Interno - 338011 - CARLOS ANDRE MACEDO CAVALCANTI
Interno - 1814691 - MARIA LUCIA ABAURRE GNERRE