PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE (PPGBIO)

CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (CCA)

Telefone/Ramal:
Não informado
http://www.ufpb.br/pos/biodiversidade

Notícias


Banca de DEFESA: ENILMA PINHEIROS DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ENILMA PINHEIROS DOS SANTOS
DATA: 17/08/2018
HORA: 14:00
LOCAL: PPGBio – Prédio Ecologia Vegetal, 1º andar, CCA, UFPB – Campus II, Areia – PB
TÍTULO: Segregação de Nicho entre três Espécies Simpátricas de Anfisbenas Neotropicais.
PALAVRAS-CHAVES: Dieta, Microhabitats, Morfometria, A. alba, A. vermicularis, A. lumbricalis.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Ecologia
RESUMO: Anfisbenas sao importantes squamatas que apresentam modificacoes morfologicas na cabeca que lhes conferem o titulo de especialistas no modo de vida fossorial, estes organismos apresentam-se amplamente distribuidos por diversos ambientes e apresentam importantes relacoes com o meio na qual estao inseridas. Este trabalho objetivou compreender a ecologia de anfisbenas neotropicais em uma regiao semiarida brasileira. A area de estudo esta localizada na RPPN Fazenda Almas, municipio de Sao Jose dos Cordeiro-PB. Foram utilizadas duas metodologias para a captura das anfisbenas e foram realizadas analises para conhecer a abundancia de anfisbenas capturadas bem como os microhabitats e a dieta utilizada como recurso. Foram aferidas, ainda, medidas morfometricas e estabelecidas relacoes entre as diversas variaveis. Foram registrados 71 individuos distribuidos em tres especies: A. alba (9), A. vermicularis (19) e A. lumbricalis (43). As especies A. vermicularis e A. lumbricalis compartilham 7 microhabitats e 10 categorias alimentares mostrando que apresentam uma forte semelhanca ecologica. Foram encontradas disponiveis no solo 38 categorias alimentares e destas 14 nao foram encontradas no trato digestorio das anfisbenas. As categorias mais consumidas foram Coleoptera imaturo para A. alba , Diptera imaturo para A. vermicularis e ovos de Hexapoda para A. lumbricalis mostrando uma predilecao por presas pouco moveis e/ou imaturas. As medidas morfometricas permitiram uma melhor compreensao das relacoes com o ambiente, principalmente as relacionadas a dieta, foi detectada uma forte correlacao entre a massa das anfisbenas e o volume das presas.
MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2526168 - DANIEL OLIVEIRA MESQUITA
Interno - 2677667 - HELDER FARIAS PEREIRA DE ARAUJO
Presidente - 021.866.804-08 - WASHINGTON LUIZ DA SILVA VIEIRA - UFPB

Notícia cadastrada em: 08/08/2018 08:19