PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA E COOPERAÇÃO INTERNACIONAL (PGPCI)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: SALMON CARLOS VITORINO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SALMON CARLOS VITORINO
DATA: 31/07/2018
HORA: 15:00
LOCAL: sala 03 do bloco da pós-graduação do CCSA
TÍTULO: GOVERNANÇA NAS REGIÕES DE SAÚDE: Um estudo na Comissão Intergestores Regional (CIR) de saúde da Paraíba.
PALAVRAS-CHAVES: Governança colaborativa; Gestão pública; Comissão intergestores
PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO: O tema politica publica de saude no Brasil, de modo geral, apresenta um contexto dinamico e complexo relacionado a sua implementacao em ambito nacional. O Sistema unico de Saude (SUS) vem sendo construido, sobretudo, com a edicao de multiplos marcos-regulatorios desde do seu surgimento na Constituicao Federal de 1988. Apesar dos esforcos o SUS parece ainda nao se apresentar suficiente no atendimento da populacao. As atividades de gestao publica, que se relacionam com o conhecimento necessario a resolucao de problemas publicos, surgem como campo de conhecimento necessario para que o SUS possa avancar nos objetivos que se propoe. A descentralizacao e regionalizacao proposta pelo SUS permitiu que os municipios tivessem a oportunidade de ter um papel protagonista na implementacao dessa politica publica social. Para isso, os agentes publicos de saude tem papel essencial na base do processo. A Comissao Intergestores Regional (CIR) e o espaco em que os agentes publicos de saude municipais devem, durante sua atuacao, decidirem por consenso, e com cooperacao, os caminhos do SUS em sua regiao de saude. Portanto essa pesquisa tem como objetivo principal verificar a percepcao dos agentes publicos acerca das praticas de gestao com colaboracao. Como metodologia para alcancar esses objetivos foi desenvolvido um estudo de caso na CIR da 1a Regiao de Saude da Paraiba. O modelo explicativo de Governanca colaborativa elaborado por Ansell e Gash (2008) mostrou-se efetivo como instrumento de pesquisa analitica, pois orientou o trabalho de campo, e apoio na verificacao da percepcao dos agentes publicos de saude integrantes da CIR estudada. As evidencias foram obtidas por meio da observacao direta, analise documental e aplicacao de questionario semiestruturado junto aos integrantes da CIR. Os resultados apontaram para um processo ainda incipiente, mas que vem evoluindo, sendo necessario investimento no aprimoramento e na qualificacao de alguns dos agentes publicos de saude da CIR pesquisada. Alem disso, o desenvolvimento de metodologias de trabalhos consistentes e direcionadas aos resultados, tomadas de decisao e lideranca da comissao.
MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1024801 - ANDRE LUIS BONIFACIO DE CARVALHO
Interno - 2760183 - FLAVIO PERAZZO BARBOSA MOTA
Presidente - 2031012 - VANDERSON GONCALVES CARNEIRO