PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA E COOPERAÇÃO INTERNACIONAL (PGPCI)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: RAFAELE BRITO DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAELE BRITO DA SILVA
DATA: 27/07/2018
HORA: 15:00
LOCAL: auditório azul
TÍTULO: COOPERAÇÃO ENERGÉTICA ENTRE BRASIL E BOLÍVIA: UMA ANÁLISE OS ACORDOS DE 1990 A 2011
PALAVRAS-CHAVES: Cooperação Internacional; Acordos Energéticos; Relação Brasil- Bolívia.
PÁGINAS: 87
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO: Com o fim da guerra fria o cenario mundial foi modificado, novos assuntos surgiram e ganharam espaco no sistema internacional, como por exemplo, meio ambiente, energia, direitos humanos, entre outros. A energia a partir deste momento ganhou mais destaque e passou a ser motivo de intensos debates e razao para a consolidacao de acordos entre muitos paises. Neste cenario, a cooperacao tambem ganha forca e acaba sendo meio para que as relacoes energeticas se tornassem mais vantajosas para os participantes dos acordos. Assim, este trabalho dedica-se a analisar a cooperacao energetica tendo como unidade de analise a America do Sul e mais precisamente a relacao estabelecida entre o Brasil e a Bolivia, tendo como objetivo geral analisar os acordos de cooperacao firmados entre os paises para responder quais foram os momentos de aproximacao/afastamento entre Brasil e Bolivia? Para isso, o trabalho esta dividido em tres capitulos: o primeiro trata de energia como elemento da agenda internacional, trazendo a cooperacao como caminho para concretizacao dessa agenda, o segundo expoe os antecedentes historicos da relacao escolhida para a analise e da inicio a analise dos acordos e por fim, o terceiro capitulo narra a virada para a esquerda na America do Sul e continua a analise dos acordos apos essa mudanca politica. A analise dos acordos foi realizada tendo como norte a analise de conteudo definida por Bardin (2010). Cabe ainda ressaltar que a tematica energetica foi escolhida devido a sua importancia e relevancia no sistema internacional e a analise da America do Sul por ser a mesma rica em recursos energeticos, e a relacao Brasil – Bolivia por apresentar pontos em que a cooperacao internacional sempre esteve presente e foi escolhida como caminho para minimizar conflitos e maximizar ganhos.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1991235 - ALINE CONTTI CASTRO
Externo ao Programa - 1890044 - HENRY IURE DE PAIVA SILVA
Interno - 2529086 - PASCOAL TEOFILO CARVALHO GONCALVES