PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA E COOPERAÇÃO INTERNACIONAL (PGPCI)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: HEVERTON FELINTO PEDROSA DE MÉLO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HEVERTON FELINTO PEDROSA DE MÉLO
DATA: 07/07/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Plataforma Meet: https://meet.google.com/uao-dkig-dhe
TÍTULO: Capacidade estatal: diagnóstico da implementação da política pública de economia solidária no Estado da Paraíba
PALAVRAS-CHAVES: Economia Solidária. Políticas Públicas. Diagnóstico local. Fortalecimento.
PÁGINAS: 141
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO: Esta pesquisa analisa a Economia Solidária como instrumento de política pública. Para isso, realizou-se um estudo do tipo exploratório, por meio de pesquisa documental e de campo. A abordagem adotada foi qualitativa. Verifica-se como se dá o processo implementação da política pública de economia solidária no Estado da Paraíba, como estratégia para uma melhor qualidade de vida dos cidadãos. Demonstra-se as principais configurações e o desenho institucional adotado pela gestão governamental para alcançar um possível caminho de superação das desigualdades sociais, econômicas e políticas. O método científico utilizado na pesquisa possibilitou o levantamento de dados teóricos e empíricos sobre os atores estudados, bem como a identificação dos fatores que facilitaram ou dificultaram a implementação da referida política. A partir disso, realizou-se a elaboração de um diagnóstico que levou em consideração as dimensões natureza da política, desenho da política e gestão da política. O intuito deste estudo foi de alavancar esta agenda governamental no território paraibano, revelando o nível de capacidade administrativa da gestão estadual. Aborda-se um breve histórico da Economia Solidária no Brasil, englobando seu conceito, princípios e desdobramentos. Ressalta-se os tipos de ações adotadas para a estruturação da Secretaria Executiva de Economia Solidária e o modelo de gestão praticado na condução desta política pública paraibana, destacando os equipamentos públicos existentes. Enfatiza-se o contexto de criação do Plano Estadual, as principais normas vigentes e a atuação do Poder Executivo Estadual na consolidação da agenda de economia solidária. Revela-se as principais barreiras e desafios enfrentados pelos gestores públicos na condução desta política. Aponta-se nos resultados que os fatores analisados influenciaram diretamente a atuação estatal, mobilizando suas capacidades técnico-administrativas e político-relacionais. O estudo revelou que a desarticulação entre as variáveis que compõem as dimensões examinadas representou obstáculos à implementação da política de economia solidária na Paraíba.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2031012 - VANDERSON GONCALVES CARNEIRO
Interno - 2027292 - LIZANDRA SERAFIM
Externo à Instituição - MAURICIO SARDA DE FARIA