PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA E COOPERAÇÃO INTERNACIONAL (PGPCI)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: FLAVIO DOS SANTOS AIRES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FLAVIO DOS SANTOS AIRES
DATA: 29/01/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Plataforma Zoom
TÍTULO: O PROCESSO DE APRENDIZAGEM NO CONTEXTO DA PRÁTICA PROFISSIONAL DOS CONTROLADORES DE TRÁFEGO AÉREO
PALAVRAS-CHAVES: Aprendizagem Experiencial. Controlador de Tráfego Aéreo. Experiências Profissionais. Experiências Sociais
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO: Este estudo teve como objetivo compreender o processo de aprendizagem no contexto da prática profissional de controladores de tráfego aéreo, à luz da aprendizagem experiencial. A exigente normatização do setor decorre das responsabilidades correlatas, uma vez que o desempenho profissional do controlador de tráfego aéreo está diretamente relacionado com a segurança e a eficiência do transporte aéreo. Diante deste contexto, considera-se relevante analisar como os controladores de tráfego aéreo aprendem no contexto de sua prática profissional, com vistas a contribuir para a formação e capacitação continuada desses profissionais. Portanto, esta pesquisa norteou-se pela perspectiva da aprendizagem experiencial, compreendendo que o processo de aprendizagem é constituído por elementos individuais (cognição, emoções e comportamento), por aspectos coletivos (elementos sociais, políticos, culturais e ambientais) e, ainda, integrado com a reflexão, visto que é considerada uma característica facilitadora da aprendizagem tanto no nível individual, quanto no coletivo. Desta forma, a pesquisa é caracterizada por uma abordagem qualitativa de caráter exploratório-descritivo. Para a realização da coleta de dados, foi utilizado o método da história oral temática e da técnica de entrevista narrativa, em que os sujeitos de pesquisa foram dez controladores de tráfego aéreo da Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo de Macaé/RJ. Os dados foram interpretados por meio da análise compreensiva interpretativa. Constatou-se que a trajetória do controlador, desde seu ingresso na área de controle de tráfego aéreo, é repleta de educação formal (curso de formação, estágio operacional (teoria e prática), cursos específicos, avaliações teóricas e práticas periódicas e práticas simuladas rotineiras) ao longo da carreira. Verificou-se, também, que o aprendizado adquirido com as experiências vivenciadas no dia a dia – incluindo situações indesejadas (conflitos e ocorrências de tráfego aéreo, degradações de sistemas e equipamentos, emergências e acidentes aeronáuticos) – contribuem significativamente para o processo de aprendizagem dos controladores e, ainda, que esses profissionais reconhecem a importância da correlação entre o aprender na prática e a teoria aprendida nos processos formais de educação. Atestou-se, por fim, que os controladores costumam compartilhar as experiências vivenciadas com pares e superiores tanto no ambiente de trabalho, como também no ambiente externo à empresa por meio do convívio social com os colegas de trabalho. Diante do panorama apresentado, constatou-se uma forte influência das experiências profissionais e sociais para o processo de aprendizagem dos controladores de tráfego aéreo, mediadas pela reflexão, gerando constantes revisões dos termos aprendidos.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1671678 - ANA CAROLINA KRUTA DE ARAUJO BISPO
Interno - 2760183 - FLAVIO PERAZZO BARBOSA MOTA
Externo ao Programa - 2890893 - THALES BATISTA DE LIMA