PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA E COOPERAÇÃO INTERNACIONAL (PGPCI)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: RITA DE CASSIA SANTA CRUZ MONTEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RITA DE CASSIA SANTA CRUZ MONTEIRO
DATA: 10/06/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Plataforma Zoom (on-line)
TÍTULO: Da vulnerabilidade ao enfrentamento: uma proposição para atuação de grupos da sociedade civil na construção de resiliência de consumidoras dos serviços relativos ao câncer de mama ofertados pelo SUS na Paraíba
PALAVRAS-CHAVES: Câncer de mama, Pesquisa Transformativa do Consumidor,  Resiliência e Vulnerabilidade.
PÁGINAS: 50
RESUMO: O objetivo dessa pesquisa consiste na necessidade de análise das possíveis experiências de vulnerabilidades do consumidor de mulheres consumidoras dos serviços de saúde ofertados pelo SUS para o câncer de mama, de modo que possam ser elaboradas estratégias de resiliência por meio da ação de grupos da sociedade civil. À luz do exposto, entendemos que essa pesquisa tem dois objetivos: o primeiro é analisar as experiências de vulnerabilidade de mulheres com câncer de mama, enquanto consumidoras do Sistema Único de Saúde. Consequentemente, o segundo objetivo é propor estratégias para a atuação de grupos da sociedade civil na construção de resiliência das consumidoras do SUS no contexto do câncer de mama. Dessa forma, acreditamos que a aplicação desta pesquisa, sob a perspectiva da Pesquisa Transformativa do Consumidor - TCR, possa promover uma melhoria no bem-estar dos indivíduos e da sociedade, representando uma diferença positiva na vida destas mulheres enquanto consumidoras do SUS, carentes de soluções que promovam sua segurança e seu bem-estar. Para tanto, um estudo de caso de caráter qualitativo e exploratório vem sendo conduzido no grupo da sociedade civil Grupo Beija-Flores, que atua no acolhimento de pacientes com câncer de mama em tratamento no âmbito do SUS. Como técnicas de coleta de dados serão realizadas entrevistas narrativas com as pacientes com câncer de mama acolhidas pelo Grupo, bem como com as mulheres que atuam no Grupo Beija-Flores, além da elaboração de diários de pesquisa por meio da observação participante. Os dados serão analisados com base em uma análise do discurso. Como resultados, pretendemos compreender e reforçar o papel de grupos da sociedade civil como agente na construção de comportamentos ativos de resiliência, por meio da proposição e possível implementação de estratégias que possam ajudar as mulheres assistidas a minimizarem suas experiências de vulnerabilidade no consumo dos serviços de saúde do SUS.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1671678 - ANA CAROLINA KRUTA DE ARAUJO BISPO
Externo à Instituição - ARIELLE PINTO SILVA
Presidente - 2360507 - DIANA LUCIA TEIXEIRA DE CARVALHO