UFPB › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas João Pessoa, 15 de Setembro de 2019

TECNOLOGIA DE ALIMENTOS (TECNOLÓGICO)/CTDR - João Pessoa(João Pessoa)

 

curso  Nível  Graduação

CENTRO DE TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO REGIONAL (CTDR) - CTDR

Projeto Político Pedagógico


Perfil Profissional:

Perfil Profissional

          O Tecnólogo de Alimentos é um profissional para o qual se vislumbra uma fácil inserção no mercado de trabalho. Observa-se principalmente para a região Nordeste, uma necessidade premente de desenvolvimento econômico e social, sem levar em conta que as outras regiões do país que a cada dia estão ampliando seus horizontes.

        O Tecnólogo de Alimentos é o profissional com competências e habilidades para planejar, implementar, administrar, gerenciar, promover e aprimorar com tecnologia adequada e sustentável, na área de alimentos, assumindo ação empreendedora, com consciência de seu papel social. 

Área de Atuação:

Campo de Atuação

          O mercado de trabalho do Tecnólogo em Alimentos corresponde a todos os estabelecimentos de produção, processamento, controle de qualidade e comercialização de produtos.

        O Tecnólogo em Alimentos trabalhará nas empresas agroalimentares na concepção, fabricação, formulação ou melhoria dos produtos alimentícios. Oportunidades se multiplicam nos departamentos de controle de qualidade, visto que as empresas necessitam, cada vez mais, de rigor diante das exigências de mercado e dos órgãos reguladores.

          O Tecnólogo em Alimentos pode atuar na administração de órgãos, instituições públicas responsáveis por programas de defesa e educação alimentar, atendimento ao consumidor, restaurantes públicos, indústrias, redes comerciais ligadas ao ramo da alimentação, laboratórios de análise sensorial e de qualidade em indústrias de matérias-primas, entre outros. Também pode atuar em setores de controle de qualidade em empresas alimentícias, de matéria-prima, e também na fiscalização, em institutos governamentais de saúde, como o Adolpho Lutz, ligados à secretaria da saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Competências e Habilidades do Profissional:

Competências e Habilidades

As competências do egresso do Curso Superior em Tecnologia de Alimentos são as seguintes:

• Aplicação conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais;

• Elaboração de projetos e condução experimentos e interpretação resultados; • Concepção, elaboração de projeto e analise de produtos e processos;

 • Planejamento, supervisão, elaboração e coordenação de projetos;

• Identificação, formulação e resolução de problemas; • Desenvolvimento e/ou utilização novas ferramentas e técnicas;

• Supervisão da operação e a manutenção de sistemas;

• Avaliação crítica da operação e da manutenção de sistemas;

• Comunicação eficiente nas formas escrita, oral e gráfica; • Atuação em equipes multidisciplinares;

• Compreensão e aplicação da ética e das responsabilidades profissionais;

 • Avaliação do impacto das atividades no contexto social e ambiental;

 • Avaliação da viabilidade econômica de projetos. O Tecnólogo em Alimentação deverá desenvolver as seguintes habilidades:

• Identificar, classificar, organizar e sistematizar metodologias de aquisição de matérias-primas; • Dominar as técnicas de processamento;

• Dominar as técnicas laboratoriais de análises de controle da qualidade físico-química, microbiológica, microscópica e sensorial das matérias-primas e produtos acabados;

 • Conhecimento dos procedimentos padrões de limpeza e higienização na indústria;

 • Conhecimento dos procedimentos padrões de armazenamento de matéria prima e de produtos acabados;

• Conhecimento dos processos físicos, químicos, bioquímicos e microbiológicos inerentes à moderna tecnologia de alimentos; • Conhecimento da legislação reguladora vigente no país;

 • Identificar os parâmetros de qualidade inerentes aos produtos elaborados; • Identificar e entender o mercado consumidor;

• Identificar o fluxo dos processos, identificando pontos críticos e incrementando pontos favoráveis;

• Propor soluções;

 • Dinamizar procedimentos que viabilizem o crescimento e constante atualização da empresa na qual atua.

 

Metodologia:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Sistema de Gestão do Curso:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Avaliação do Curso:
Nenhum conteúdo disponível até o momento
Projeto Político Pedagógico:
Baixar Arquivo

SIGAA | STI - Superintendência de Tecnologia da Informação da UFPB / Cooperação UFRN - Copyright © 2006-2019 | producao_csi-jboss-sigaa-3.sigaa-1 | v20190909073801-master