UFPB › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas João Pessoa, 06 de Dezembro de 2019


CCSA - DCI

CCSA - DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Projetos de Pesquisa


: Visualizar Detalhes do Projeto de Pesquisa
ALZIRA KARLA ARAUJO DA SILVA
2019, REPRESENTAÇÃO DAS INTELIGÊNCIAS ACADÊMICAS MÚLTIPLAS DOS DOUTORES EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO BRASIL: uma análise a partir dos Programas de Pós-graduação da Região Nordeste
2018, REPRESENTAÇÃO DAS INTELIGÊNCIAS ACADÊMICAS MÚLTIPLAS DOS DOUTORES EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO BRASIL: uma análise a partir dos Programas de Pós-graduação
2017, REPRESENTAÇÃO DAS INTELIGÊNCIAS ACADÊMICAS MÚLTIPLAS DA ELITE INTELECTUAL EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO BRASIL: UMA ANÁLISE A PARTIR DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO
BERNARDINA MARIA JUVENAL FREIRE DE OLIVEIRA
2019, LEMBRANÇAS REVISITADAS: perfazendo os caminhos dos reitores da UFPB
2015, REMINISCÊNCIAS INSTITUCIONAL DA UFPB: MEMÓRIAS DE REITORES (1955-2016)
2012, MEMÓRIAS ARQUEOLÓGICAS DAS ANOTAÇÕES CULTURAIS DE JOSÉ SIMEÃO LEAL
2011, ARQUEOLOGIA DO SABER: CARTAS NATALINAS COMO FONTE DE INFORMAÇÃO E MEMÓRIA
2011, OTIMIZAÇÃO DO ACESSO À INFORMAÇÃO MISSIVISTA: DISCUSSÃO SOBRE APLICAÇÃO E DISPONIBILIZAÇÃO EM REPOSITÓRIOS DIGITAIS
2010, ARQUEOLOGIA DO SABER: CARTAS COMO FONTE DE INFORMAÇÃO E MEMÓRIA
CARLOS XAVIER DE AZEVEDO NETTO
2018, OS AGENCIAMENTOS SEMIÓTICOS NA CONSTITUIÇÃO DOS PAINÉIS RUPESTRES: A dinâmica entre os grafismos reconhecíveis e puros, no Cariri Ocidental Paraibano
2015, ARTE RUPESTRE E AGÊNCIAS SEMIÓTICAS: AS SEMIOSES ENCONTRADAS NOS PAINÉIS DE ARTE RUPESTRE.
2013, CARACTERIZAÇÃO DOS GRAFISMOS RUPESTRES DO CARIR OCIDENTAL
2012, PROCESSOS CLASSIFICATÓRIOS SIMÉTRICOS PARA GRAFISMOS RUPESTRES DO SEMI-ÁRIDO PARAIBANO
2010, ARQUEOLOGIA SIMÉTRICA NO SEMI-ÁRIDO PARAIBANO – UMA PROPOSTA TEÓRICO-METODOLÓGICA
2009, ARQUELOGIA SIMÉTRICA NO SEMI-ÁRIDO PARAIBANO
2008, PROGRAMA ARQUEOLÓGICO DO CARIRI PARAIBANO
2006, ARQUEOLOGIA DO CARIRI
EDNA GOMES PINHEIRO
2017, BIBLIOTERAPIA PARA IDOSOS: A VELHICE E A EXPERIÊNCIA DE ENVELHECER
EDVALDO CARVALHO ALVES
2019, As Subáreas temáticas contemporâneas do Campo da Ciência da Informação no Brasil
2018, O MÉTODO DIALÉTICO E SEUS USOS NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO BRASILEIRA
2017, O MÉTODO DIALÉTICO MARXIANO E SEUS USOS NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO BRASILEIRA
2015, ACESSO E USO DA INFORMAÇÃO ENTRE ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO DE ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS DO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA
2015, OS LICENCIADOS EM CIÊNCIAS SOCIAIS DA UFPB CAMPUS I: QUEM SÃO, ONDE ESTÃO E O QUE ESTÃO FAZENDO?
2014, O COMPORTAMENTO INFORMACIONAL DOS ALUNOS BOLSISTAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC DA UFPB CAMPUS I
2013, O CIENTISTA SOCIAL PARAIBANO: TRAJETÓRIA DOS EGRESSOS DO CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DA UFPB CAMPUS I.
2012, NECESSIDADES E USOS INFORMACIONAIS DOS PROFESSORES DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSO DA UFPB CAMPUS I
2010, REPRESENTAÇÕES SOCIAIS E IDENTIDADE: UM ESTUDO DO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE PROFISSIONAL DO BIBLIOTECÁRIO PARAIBANO
ELIANE BEZERRA PAIVA
2019, REPOSITÓRIO “QUESTÕES EM REDE”: EM CENA AS FONTES DE INFORMAÇÃO INDÍGENA
2018, FONTES DE INFORMAÇÃO INDÍGENA NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: ANÁLISE NA BRAPCI
2017, FONTES DE INFORMAÇÃO INDÍGENA: EM CENA DISSERTAÇÕES DA ÁREA DE HISTÓRIA/UFPB
2016, PRESENÇA DAS FONTES DE INFORMAÇÃO INDÍGENA NA BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
2015, FONTES DE INFORMAÇÃO INDÍGENA: EM PAUTA DISSERTAÇÕES DE MESTRADO.
2014, ACESSO A FONTES DE INFORMAÇÃO INDÍGENA NA INTERNET: EM FOCO OS PERIÓDICOS DA ÁREA DE ANTROPOLOGIA.
EMEIDE NOBREGA DUARTE
2019, Tendências inovadoras das abordagens sobre Gestão da Informação e do Conhecimento nos cursos de Pós – Graduação em Ciência da Informação no Brasil
2018, Abordagens da Gestão da Informação e do Conhecimento nos cursos de pós – graduação em Ciência da Informação no Brasil
2017, ANÁLISE DOS CONTEÚDOS DAS ABORDAGENS SOBRE GESTÃO DA INFORMAÇÃO E/OU DO CONHECIMENTO NOS CURSOS DE BIBLIOTECONOMIA EM NÍVEL NACIONAL
2016, A ABORDAGEM SOBRE GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO NOS CURRÍCULOS DOS CURSOS DE BIBLIOTECONOMIA
2015, METODOLOGIAS PARA MONITORAMENTO AMBIENTAL EM ORGANIZAÇÕES INTELIGENTES: O QUE A PRODUÇÃO CIENTÍFICA REVELA?
2014, CARACTERIZAÇÃO E EXPECTATIVAS DOS GRUPOS DE PESQUISA EM INTELIGÊNCIA ORGANIZACIONAL: FORMAÇÃO DE REDES DE COOPERAÇÃO
2013, MONITORAMENTO DO AMBIENTE INFORMACIONAL DO GRUPO DE PESQUISA “INFORMAÇÃO, APRENDIZAGEM E CONHECIMENTO” POR MEIO DA ADOÇÃO DE FERRAMENTAS DE INTELIGÊNCIA ORGANIZACIONAL
2012, REDES DE COLABORAÇÃO CIENTÍFICA POR CONEXÕES TEMÁTICAS NO ÂMBITO DO CCSA, CE E CCHLA DA UFPB
2011, MAPEAMENTO DOS CONHECIMENTOS DOS DOCENTES DOS CENTROS DE ENSINO DO CAMPUS I DA UFPB
2009, ANÁLISE DAS COMUNICAÇÕES SOBRE GESTÃO DO CONHECIMENTO PUBLICADAS NOS ANAIS DO ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB)
2009, MAPEAMENTO DOS CONHECIMENTOS DOS DOCENTES DOS CENTROS DE CIÊNCIAS DO CAMPUS I DA UFPB: ESTRATÉGIA PARA FORTALECER AS COMPETÊNCIAS DO PROFISSIONAL DE INFORMAÇÃO.
GISELE ROCHA CORTES
2019, Protagonismo das mulheres na Ciência da Informação
2018, INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES: Centro de Referência da Mulher Fátima Lopes
2017, INFORMAÇÃO E DIREITOS DE LGBTS: CENTRO DE REFERÊNCIA DE DIREITOS LGBT E ENFRENTAMENTO À LGBTFOBIA
2014, INFORMAÇÃO E VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES
2012, VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E INFORMAÇÃO - CENTRO DE REFERÊNCIA DA MULHER EDNALVA BEZERRA: CANAIS DE INFORMAÇÃO E CIDADANIA
2011, CENTRO DE REFERÊNCIA “EDNALVA BEZERRA”: CANAIS DE INFORMAÇÃO E CIDADANIA
GRACY KELLI MARTINS GONCALVES
2019, O PROTAGONISMO SOCIAL DAS MULHERES NA CONSTITUIÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DO ENSINO DE BIBLIOTECONOMIA NO BRASIL
2017, ANÁLISE TEÓRICO-CONCEITUAL DA ORGANIZAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DO CONHECIMENTO NOS CURRÍCULOS DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA NO BRASIL
GUILHERME ATAIDE DIAS
2018, A PRODUÇÃO CIENTÍFICA NO CONTEXTO DAS ARBOVIROSES: um estudo a partir de dados gerados no Twitter
2017, REPOSITÓRIOS ELETRÔNICOS INSTITUCIONAIS PARA DADOS DE PESQUISA: INVESTIGANDO SUA ADOÇÃO NO CENÁRIO DE PESQUISA BRASILEIRO
2015, DESVENDANDO OS PROCESSOS ASSOCIADOS AO USO DE DADOS CIENTÍFICOS GERADOS POR PESQUISADORES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA: UMA INVESTIGAÇÃO FUNDADA NO QUARTO PARADIGMA CIENTÍFICO DO ESCIENCE
2014, INVESTIGANDO AS PUBLICAÇÕES AMPLIADAS NO CENÁRIO CIENTÍFICO BRASILEIRO: CONTRIBUIÇÕES DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO
2014, INVESTIGANDO AS PUBLICAÇÕES AMPLIADAS NO CENÁRIO CIENTÍFICO BRASILEIRO
2013, INVESTIGANDO A INFORMAÇÃO NOS CONTRATOS DE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA NA PROPRIEDADE INDUSTRIAL
2013, AVALIANDO A EDITORAÇÃO DE E-BOOKS EM AMBIENTES DE EDITORAS UNIVERSITÁRIAS: UMA APLICAÇÃO DO OPEN MONOGRAPH PRESS
2012, A INFORMAÇÃO ENQUANTO PROPRIEDADE INTELECTUAL: INVESTIGANDO A POSSIBILIDADE DE CONVERGÊNCIAS CONCEITUAIS
2010, ANALISANDO AS RELAÇÕES DE COLABORAÇÃO CIENTÍFICA ENTRE OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO BRASILEIROS: CONTRIBUIÇÕES DOS ENANCIBS
2010, RESGATE DA MEMÓRIA ESTUDANTIL DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO BRASIL ATRAVÉS DO REPOSITÓRIO ELETRÔNICO DSPACE
2009, REPOSITÓRIOS ELETRÔNICOS ACADÊMICOS INSTITUCIONAIS SOB A ÓTICA DOCENTE: DESVENDANDO O DSPACE UMA PLATAFORMA VOLTADA PARA A DISSEMINAÇÃO E PRESERVAÇÃO DE CONTEÚDOS DIGITAIS
2009, DESVENDANDO AS RELAÇÕES DE COLABORAÇÃO CIENTIFICA ENTRE OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIENCIA DA INFORMAÇÃO BRASILEIROS
GUSTAVO HENRIQUE DE ARAUJO FREIRE
2011, COMPETÊNCIAS EM INFORMAÇÃO PARA INCLUSÃO SOCIAL: UMA AÇÃO INFORMATIVA NA PERSPECTIVA DO REGIME DE INFORMAÇÃO
2010, DIRETRIZES PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA POLÍTICA DE INFORMAÇÃO EM AMBIENTE VIRTUAL
2009, CONSTRUÇÃO PARTICIPATIVA DE INSTRUMENTO DE POLÍTICA PÚBLICA PARA A GESTÃO DA INFORMAÇÃO
HENRY PONCIO CRUZ DE OLIVEIRA
2019, INFORMAÇÃO, TECNOLOGIA E ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO PERVASIVA: QUESTÕES EPISTEMOLÓGICAS E APLICAÇÕES EMPÍRICAS
2018, ELEMENTOS DE ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO PERVASIVA EM REPOSITÓRIOS INSTITUCIONAIS DE UNIVERSIDADES FEDERAIS DO NORDESTE
2017, ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO PERVASIVA E ECONTRABILIDADE DA INFORMAÇÃO NO REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL DA UFPB
2016, ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO PERVASIVA E AVALIAÇÃO DE USABILIDADE EM PERIÓDICOS CIENTÍFICOS ELETRÔNICOS
ISA MARIA FREIRE
2019, GESTÃO DE MÍDIAS VIRTUAIS NO LABORATÓRIO DE TECNOLOGIAS INTELECTUAIS - LTi
2018, GESTÃO DE MÍDIAS VIRTUAIS NO LABORATÓRIO DE TECNOLOGIAS INTELECTUAIS - LTi
2013, AÇÃO DE PESQUISA - ENSINO - EXTENSÃO NO LABORATÓRIO DE TECNOLOGIAS INTELECTUAIS - LTI
2012, AÇÃO PARA COMPETÊNCIAS EM INFORMAÇÃO NA REDE PÚBLICA DE ENSINO MÉDIO EM JOÃO PESSOA - PB
2011, AÇÃO DE PESQUISA PARA ENSINO E EXTENSÃO NO LABORATÓRIO DE TECNOLOGIAS INTELECTUAIS - LTI
2009, PUBLICAÇÃO DA REVISTA PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA NO PORTAL DE PERIÓDICOS DA UFPB
IZABEL FRANCA DE LIMA
2019, Avaliação de Repositórios Institucionais de Universidade Públicas das Regiões Sul, Centro Oeste e Norte do Brasil na Perspectiva dos Estudos de Usabilidade e Acessibilidade na Web
2018, Avaliação de Repositórios Institucionais de Universidade Públicas do Sudeste Brasileiro na Perspectiva dos Estudos de Usabilidade e Acessibilidade na Web
2017, AVALIAÇÃO DE REPOSITÓRIOS INSTITUCIONAIS DE UNIVERSIDADE PÚBLICAS DO NORDESTE BRASILEIROS NA PERSPECTIVA DOS ESTUDOS DE USABILIDADE E ACESSIBILIDADE NA WEB
2016, AVALIAÇÃO DE WEBSITES DE EDITORAS UNIVERSITÁRIAS DAS REGIÕES SUL, CENTRO OESTE E NORTE DO BRASIL NA PERSPECTIVA DOS ESTUDOS DE USABILIDADE, ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO E DE E-COMMERCE
2015, AVALIAÇÃO DE WEBSITES DE EDITORAS UNIVERSITÁRIAS DO SUDESTE DO BRASIL NA PERSPECTIVA DOS ESTUDOS DE USABILIDADE, ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO E DE E-COMMERCE
2014, AVALIAÇÃO DE WEBSITES DE EDITORAS UNIVERSITÁRIAS DO NORDESTE NA PERSPECTIVA DOS ESTUDOS DE USABILIDADE E ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO
2013, CONHECIMENTO PRUDENTE PARA UMA VIDA DECENTE: UMA ANÁLISE DA TEMÁTICA ÉTNICO-RACIAL NA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO/BIBLIOTECONOMIA/ARQUIVOLOGIA - PERÍODO-2000-2013
JOANA COELI RIBEIRO GARCIA
2018, Open peer review em periódico científico da Ciência da Informação
2016, SISTEMA DE OPEN PEER REVIEW SOB A ÓTICA DE EDITORES DAS REVISTAS DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CLASSIFICADAS PELO SISTEMA QUALIS DA COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR
2012, MECANISMOS DE GESTÃO E DISSEMINAÇÃO DE ATIVIDADES CULTURAIS EM INSTITUIÇÕES DA CIDADE DE JOÃO PESSOA
2010, A RESPONSABILIDADE SOCIAL NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (PPGCI) DA UFPB
2009, PRODUÇÃO E GESTÃO DE INFORMAÇÃO EM CIENCIA E TECNOLOGIA DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR
JULIANNE TEIXEIRA E SILVA
2019, Arquivística brasileira e o modelo australiano do Records Continuum: uma análise teórica
2018, Arquivística brasileira e o modelo australiano do Records Continuum: uma análise teórica
JULIO AFONSO SA DE PINHO NETO
2015, A INCLUSAO DIGITAL NOS PROJETOS DESENVOLVIDOS PELO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSAO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - PROBEX 2015.
2012, A INCLUSÃO DIGITAL PARA DEFICIENTES VISUAIS NO SETOR BRAILLE DA BIBLIOTECA CENTRAL DA UFPB: UM ESTUDO DE CASO
2010, A INCLUSÃO DIGITAL NOS TELECENTROS DE INFORMAÇÃO E EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA
LUCIANA FERREIRA DA COSTA
2019, O PRODUTIVISMO ACADÊMICO NA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO BRASIL
2011, AVALIAÇÃO DOS SERVIÇOS DA BIBLIOTECA CENTRAL DA UFPB
MARCKSON ROBERTO FERREIRA DE SOUSA
2017, A INFORMAÇÃO COMO MEDIDA DE INTEGRAÇÃO NA EMPRESA PLURIDIMENSIONAL
2016, ANÁLISE DE REQUISITOS E ADEQUAÇÃO DO WEBSITE DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
2015, ATUALIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DO WEBSITE DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
2014, ANÁLISE DE SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO
2013, INVESTIGAÇÃO DE INICIATIVAS DE ACESSIBILIDADE DIGITAL NO CONTEXTO NACIONAL E INTERNACIONAL
2012, ANÁLISE E ADEQUAÇÃO DO SOFTWARE ICA-ATOM A ARQUIVOS PERMANENTES
2011, SELEÇÃO DE UM SISTEMA BASEADO EM SOFTWARE LIVRE PARA GESTÃO ELETRÔNICA DE DOCUMENTOS: ANÁLISE DE SUAS CARACTERÍSTICAS E APLICAÇÃO EM ARQUIVOS
MARIA ELIZABETH BALTAR CARNEIRO DE ALBUQUERQUE
2019, MEMÓRIAS DA POESIA POPULAR: indexação de folhetos de cordel
2018, INDEXAÇÃO DE FOLHETOS DE CORDEL: construindo temas
2012, IMAGENS ABSTRATAS NOS DESAFIOS EM CORDEL: CONSTRUINDO TEMAS
2011, PELEJAS NA LITERATURA POPULAR DE CORDEL: SEMÂNTICA DISCURSIVA
MARYNICE DE MEDEIROS MATOS AUTRAN
2018, ANÁLISE DO PERFIL DOS ORIENTADORES E DE SEUS ORIENTANDOS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC): DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO - UFPB
2017, AS RELAÇÕES DE COAUTORIA ENTRE ORIENTADOR-ORIENTANDO NO PPGCI-UFPB
2016, GENEALOGIA ACADÊMICA: O LEGADO DE SUZANA PINHEIRO MACHADO MÜELLER E DE ANTONIO LISBOA CARVALHO DE MIRANDA
2015, COMUNICAÇÃO DA CIÊNCIA E REDES DE COAUTORIA ACADÊMICA: ANÁLISE DA DINÂMICA NOS ANAIS DO ENANCIB NO PERÍODO 1994-2014
MIRIAN DE ALBUQUERQUE AQUINO
2012, CONHECIMENTO PRUDENTE PARA UMA VIDA DECENTE: UMA ANÁLISE DA TEMÁTICA ÉTNICO-RACIAL NA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO/BIBLIOTECONOMIA
2011, INFORMAÇÃO, CONHECIMENTO E MEMÒRIA: PROCESSOS DE APROPRIAÇÃO, ORGANIZAÇÃO, DISSEMINAÇÃO E DEMOCRATIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO ETNICORRACIAL NO MOVIMENTO NEGRO DA PARAÍBA
2010, PROCESSOS DE APROPRIAÇÃO, ORGANIZAÇÃO, DISSEMINAÇÃO E DEMOCRATIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NO MOVIMENTO NEGRO DA PARAÍBA
2009, MEMÓRIA DA CIÊNCIA: A (IN) VISIBILIDADE DOS/AS NEGROS/AS NA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA.
2009, MEMÓRIA DA CIÊNCIAS: A (IN) VISIBILIDADE DOS/AS NEGROS/AS REPRESENTADAS NA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA.
ROSA ZULEIDE LIMA DE BRITO
2017, DADOS, CORES, FORMAS E A PERCEPÇÃO DA INFORMAÇÃO: ERGONOMIA E USABILIDADE NA REVISTA ARCHEION ONLINE
WAGNER JUNQUEIRA DE ARAUJO
2019, GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO EM FLUXOS INFORMACIONAIS: ABORDAGENS SOB A ÓTICA DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO.
 
118 Projeto(s) encontrado(s)

SIGAA | STI - Superintendência de Tecnologia da Informação da UFPB / Cooperação UFRN - Copyright © 2006-2019 | producao_sigaa-1.sigaa-1 | v20191205093016-master