PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE (PPGBIO)

CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (CCA)

Telefone:
33621737

Área de Concentração

Mestrado

  • BIODIVERSIDADE
    • Linhas de Pesquisa:
      • DIVERSIDADE DE ESPÉCIES E ECOSSITEMAS
      • BIODIVERSIDADE - O objetivo dessa linha de pesquisa é caracterizar a biodiversidade e processos associados, visando compreender a estrutura e funcionamento dos ecossistemas aquáticos e terrestres detectando tendências ecológicas e evolutivas, com ênfase em ecossistemas nordestinos. Estudos florísticos e fitossociológicos, de sucessão ecológica e regeneração de ecossistemas, estrutura e dinâmica de ecossistemas, reconhecimento da distribuição e diversidade taxonômica além de pesquisas sobre a biologia de grupos animais associados a processos ecológicos, como exemplo, polinização e dispersão de sementes, são exemplos de temas a serem desenvolvidos nessa linha. Compreende o objetivo dessa linha de pesquisa o estudo da caracterização da diversidade genética, a detecção de tendências ecológicas e evolutivas, bem como a avaliação da diversidade de táxons, relacionada à descrição e padrões de distribuição das espécies em foco.

      • USO E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE
      • BIODIVERSIDADE - Essa linha de pesquisa visa avaliar o uso e conservação da biodiversidade, com ênfase nos ecossistemas nordestinos compreendendo pesquisas sobre utilização de recursos naturais de modo sustentável, importantes do ponto de vista social, econômico e cultural. Desse modo, destacam-se os estudos relacionados ao uso de recursos naturais, a conservação desses recursos bem como dos ecossistemas associados. Inserem-se nessa linha, estudos com espécies animais potencialmente utilizadas no controle ambiental e/ou biológico, estudos biotecnológicos, melhoramento genético de espécies, estudos sobre o uso de recursos madeireiros e não-madeireiros, sobre o desenvolvimento de protocolos para produção de mudas de espécies vegetais nativas ou cultivadas, com princípios aplicados à conservação e restauração de ambientes antropizados, estudos limnológicos incluindo manejo e conservação de recursos hídricos, bem como estudos associados a invasões biológicas em ecossistemas aquáticos e terrestres visando a redução das pressões antropogênicas e consequentemente a conservação da biodiversidade em ecossistemas nordestinos.