PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR (PPBCM)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: YARA KATIA SANTOS RODRIGUES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: YARA KATIA SANTOS RODRIGUES
DATA: 31/07/2012
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Biologia Molecular/CCEN
TÍTULO: Isolamento e caracterização fenotípica e molecular de parasitas Leishmania sp. de pacientes com Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) atendidos no Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba
PALAVRAS-CHAVES: LTA, L. braziliensis, Caracterização molecular.
PÁGINAS: 146
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Genética
SUBÁREA: Genética Molecular e de Microorganismos
RESUMO:

As leishmanioses são um complexo de doenças infecto-parasitárias endêmicas em 88 países que substituem um grave problema de saúde pública. Diversas espécies do gênero Leishmania são os agentes causadores da doença, dentre elas a espécie L. brazieliensis associada a diferentes quadros clínicos da Leishmaniose Tegumentar Americana. No presente trabalho foram obtidos nove isolados de Leishmania sp. oriundos de LTA, sendo sete isolados (87%) oriundos de pacientes residentes no município de Pilões, um (13%) da cidade de João Pessoa, ambos os municípios do estado da Paraíba. Todos os nove isolados foram identificados como sendo da espécie L. braziliensis através de PCR específica. As análises de caracterização molecular pela técnica de RAPD-PCR mostraram que esses isolados compartilharam 62,63% revelando diferenças genotípicas entre elas. Contudo, os isolados AF e JSL, ambos provenientes de lesões disseminadas, tiveram o maior percentual de bandas compartilhadas dentre os isolados. Outra técnica molecular utilizada foi o SSR-PCR com o iniciador K7 que também foi capaz de demonstrar polimorfismo entre os isolados. Nas análises de PCR-RLFP das regiões ITS1, foram encontradas perfis diferentes entre os isolados, onde MRSS, JMTS, AF, JCTS, JRL apresentaram o mesmo perfil de bandas e os isolados JSL, JCNS, MFTS e JAS tiveram, cada um, perfis de bandas distintos. Na análise de PCR-RLFP da região do gene hsp70, JSL, AF, JCTS, JRL, MFTS apresentaram o mesmo perfil de bandas e os isolados , MRSS, JMTS, JCNS, e JAS perfis de bandas distintos. Adicionalmente foram também observadas diferenças fenotípicas entre estes isolados, visto que em cada momento de cultivo, todos apresentaram comportamento diferenciado, além de demonstrarem diferenças quanto à sensibilidade às drogas utilizadas na terapêutica das leishmanioses. Portanto, estes estudos revelam que os isolados de L. braziliensis obtidos no estado da Paraíba demosntraram um significativo polimorfismo genético, revelando um alto nível de variação instraespecífica.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 338028 - MARCIA ROSA DE OLIVEIRA
Interno - 1553887 - SAVIO TORRES DE FARIAS
Externo ao Programa - 1678418 - LUCIO ROBERTO CANCADO CASTELLANO