PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR (PPBCM)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: JOSE THALLES JOCELINO GOMES DE LACERDA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE THALLES JOCELINO GOMES DE LACERDA
DATA: 10/04/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Biologia Molecular/CCEN
TÍTULO: Atividade de inibição de protease da lectina de sementes de Abelmoschus esculentus L. (Moench) e seus efeitos contra fitopatógenos
PALAVRAS-CHAVES: AEL, Ceratitis capitata, Meloidogyne spp, fungos, sequências peptídicas, inibidor de protease
PÁGINAS: 85
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Bioquímica
RESUMO: Lectina é um grupo de proteínas capaz de reconhecer e se ligar a carboidratos de forma reversível sem modifica-los por um domínio não catalítico. Em vegetais, são produzidas como fator de resistência contra fitopatógenos e por reconhecer estruturas presentes nestes parasitas, são utilizadas como instrumento alternativo no controle de pragas através da indução de resistência em plantas geneticamente modificadas. Suas características estruturais, catalíticas e carboidrato-específicos fornecem informações sobre seus mecanismos de ações em diferentes espécies de parasitas. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da lectina extraída de sementes de Abelmoschus esculentus L. (Moench) (AEL) sobre organismos fitopatogênicos para que possa ser utilizada como um possível defensivo agrícola e caracterizar sua atividade catalítica. Foram realizados ensaios de toxicidade em mosca do mediterrâneo (Ceratitis capitata) e nematoides de galha (Meloydogine spp.), nos seus diferentes estágios de desenvolvimento através de aplicação tópica, avaliação de sua atividade sobre fungos fitopatogênicos, análise de sua estrutura primária através da identificação de peptídeos por espectrometria de massas para detecção de domínios conservados inerentes a sua propriedade molecular e realização de atividade de inibição de proteases. AEL apresentou efeito inseticida sobre larvas 3º instar e pupa, apresentou efeito nematicida sobre os nematoides de galhas, atuando principalmente sobre a eclosão de ovos e não apresentou atividade fungicida. Apresentou em sua composição regiões homólogas à inibidores de protease do tipo kunitz, com identificação de 03 peptídeos conservados nesta classe de proteínas e atividade de inibição de protease (92%), os quais revelam sua função catalítica e direcionam seus mecanismos de ações nos diferentes parasitas.
MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1126094 - JACINTO DE LUNA BATISTA
Interno - 1553887 - SAVIO TORRES DE FARIAS
Presidente - 1191858 - TATIANE SANTI GADELHA