PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR (PPBCM)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: DALLIANE MACEDO LOPES DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DALLIANE MACEDO LOPES DE OLIVEIRA
DATA: 28/05/2015
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Biologia Molecular/CCEN
TÍTULO: Efeito Antimitótico de um Derivado de Pirimidinona do Desenvolvimento Embrionário de ouriços-do-mar
PALAVRAS-CHAVES: antimitótico; pirimidinona; fertilização; desenvolvimento embrionário; divisão celular
PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO: O câncer é caracterizado pelo crescimento descontrolado de células de um determinado tecido, que invadem e comprometem, funcionalmente, células sãs do organismo. A quimioterapia é o principal tratamento do câncer, consistindo na administração de drogas que interferem em diversas vias metabólicas, ocasionando a morte celular. Dentre os principais quimioterápicos, os antimitóticos são drogas que afetam, diretamente, a divisão celular.O presente trabalho teve como objetivo investigar a atividade antimitótica de um derivado de pirimidinona (Py-09) no desenvolvimento embrionário do ouriço-do-mar Echinometra lucunter. Animais adultos foram coletados na costa João Pessoa, Paraíba, Brasil, mantidos em água do mar filtrada sob fluxo de ar constante. Os gametas foram coletados por injeção intracelomática de KCl. Os gametas ou embriões foram tratados com Py-09 e foi analisada a atividade do composto sobre a fertilização, o desenvolvimento embrionário, o potencial de membrana mitocondrial interna (ΔΨm), a produção de espécies reativas de oxigênio (ROS) e a atividade de transportadores ABC. O Py-09 (12,5 µM) inibiu, em cerca de 60%, a fertilização de óvulos previamente tratados com o composto. No entanto, o tratamento dos espermatozoides com o Py-09 não afetou a taxa de fertilização. O tratamento dos zigotos com o Py-09 inibiu o desenvolvimento embrionário inicial, apresentando um efeito antimitótico dose e tempo-dependente, atingindo um efeito máximo na concentração de 50 µM (CE50 = 12,5 µM). Foram observadas alterações morfológicas no padrão de clivagem dos embriões (clivagem desigual) e em estágios larvais (distribuição irregular e fissuras das espículas e extravasamento de células pigmentares).O tratamento com Py-09 promoveu a perda do ΔΨm, sem, entretanto, alterar os níveis intracelulares de ROS. O ensaio com os inibidores dos transportadores ABCB1 e ABCC1 (Reversina 205 e MK571, respectivamente) mostrou que o Py-09 não é substrato de proteínas ABC. Por outro lado, o ensaio de acúmulo intracelular de calceína e os ensaios de associação do Py-09 com a vimblastina demonstraram que o mesmo não reverte o fenômeno MXR, uma vez que o composto não foi capaz de aumentar os níveis de fluorescência intracelular da calceína, e a associação Py-09 (12,5 µM)/vimblastina (100 e 400 nM) apresentou o mesmo efeito inibitório da vimblastina per se.Em suma, o presente trabalho demonstrou que o Py-09 apresenta uma marcante atividade antimitótica, acarretando alterações tanto na morfologia quanto na fisiologia celular. Estudos adicionais são necessários para um maior entendimento do mecanismo de ação do composto e para a investigação acerca do potencial do Py-09 como ferramenta farmacológica para estudos in vitro, assim como para o seu uso terapêutico.
MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 337166 - JOSE ANTONIO NOVAES DA SILVA
Interno - 330621 - JOSE PINTO DE SIQUEIRA JUNIOR
Presidente - 1451626 - LUIS FERNANDO MARQUES DOS SANTOS