PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR (PPBCM)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: VANESSA DE LIMA SERAFIM

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VANESSA DE LIMA SERAFIM
DATA: 17/06/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Biologia Molecular
TÍTULO: Síntese e avaliação anti-Leishmania de novos derivados híbridos tiofênicos-acridínicos.
PALAVRAS-CHAVES: Leishmaniose, Leishmania (L.) amazonensis, 2-amino-tiofênicos, acridina, atividade anti-Leishmania
PÁGINAS: 147
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Parasitologia
RESUMO: As leishmanioses sao um conjunto de doencas causadas por protozoarios do genero Leishmania, transmitida por insetos flebotomineos. Dentre o grupo das Doencas Tropicais Negligenciadas, as leishmanioses tem se destacado em todo o mundo, pois se revelam como a segunda maior incidencia mundial parasitaria, ao qual possui um alto indice de mortalidade e morbidade. Os tratamentos recomendados para estas doencas sao muito toxicos e pouco satisfatorios, faz-se necessario encontrar novas drogas anti-Leishmania, mais eficazes contra o parasito e que tenha baixa toxicidade para o hospedeiro. Dentro deste contexto, este trabalho buscou sintetizar, elucidar estruturalmente e avaliar o potencial anti-Leishmania de novos derivados hibridos tiofenicos-acridinicos frente a formas promastigotas de Leishmania (L.) amazonensis. Neste estudo, foram sintetizados e avaliados 23 compostos, dos quais 14 derivados eram hibridos tiofenicos-acridinicos. A sintese dos compostos apresentou rendimento variando de 47,7% (ACT06) e 88% (ACT05) para serie ACT, e na serie ACS entre 44,8% (ACS05) e 94,9% (ACS02). Todos os compostos da serie ACS apresentaram atividade antipromastigota, obtendo-se valores de IC50 variando de 3,9 a 30,9 μg/mL. De modo diferente, os hibridos da serie ACT nao apresentaram atividade antiparasitaria. Nenhum dos derivados hibridos tiofenicos-acridinicos apresentou citotoxicidade para hemacias de origem humana, diferente do observado para as drogas de referencia. Dentre os compostos com melhor atividade, os derivados ACS01 e ACS02 (IC50 3,9 e 4,6 μg/mL respectivamente) foram selecionados para prosseguir com a investigacao, devido os seus altos indices de seletividade (IS 205,1 e 173,9 respectivamente). No ensaio com cepas de L. (L.) amazonensis resistentes ao antimonial trivalente, foi observado que os derivados ACS01 e ACS02 continuaram com os mesmos niveis de sensibilidade apresentado pelas culturas sensiveis ao antimonio. Alem do mais, foi observado que a atividade anti-Leishmania do derivado ACS01 nao esta associada a fragmentacao do DNA das formas promastigotas do parasito, porem os derivados ACS01 e ACS02 na avaliacao de interacao ao DNA apresentaram uma constante de ligacao de 104 M-1, demonstrando a sua capacidade de intercalacao ao DNA. Assim, estes resultados sugerem que os derivados hibridos tiofenicos da serie ACS sao moleculas promissoras e possiveis candidatos a farmacos para a terapeutica das leishmanioses.
MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FRANCISCO JAIME BEZERRA MENDONÇA JÚNIOR
Interno - 1117945 - MARCIA REGINA PIUVEZAM
Presidente - 338028 - MARCIA ROSA DE OLIVEIRA