PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR (PPBCM)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: JAISE PAIVA BRAGANTE DE ARAUJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAISE PAIVA BRAGANTE DE ARAUJO
DATA: 12/04/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Departamento de Biologia Molecular
TÍTULO: Caracterização da microbiota gastrointestinal da ostra Crassostrea gasar e resposta imunológica após modificação induzida por antibióticos
PALAVRAS-CHAVES: Hemócitos, antibióticos, microbiota.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO: As ostras dependem exclusivamente da imunidade inata para suas respostas de defesa. A microbiota e formada por microrganismos que colonizam os organismos vivos garantindo homeostase e funcionamento. Ja existem evidencias do papel da microbiota intestinal na inducao de respostas de defesa frente a patogenos em humanos. Pouco se conhece sobre a participacao da microbiota na saude dos bivalves. Este estudo caracterizou a microbiota do trato gastrointestinal (TGI) da ostra Crassostrea gasar e avaliou a sua influencia na resposta imunologica. Para isto, antibioticos foram utilizados para eliminar/alterar a microbiota em ensaios in vitro e in vivo. Parametros imunocelulares (viabilidade, concentracao de hemocitos, fagocitose e producao de especies reativas de oxigenio-EROs) foram avaliados nas ostras submetidas ao tratamento e nas ostras controle (que nao receberao os antibioticos). Paralelamente, uma analise microbiologica do TGI foi realizada e bacterias foram selecionadas por meios de cultura e foram identificadas por sequenciamento do DNA 16S ribossomal. Os resultados mostraram que os antibioticos eliminaram as bacterias do TGI nos ensaios in vitro, mas aumentaram sua concentracao (UFC/g de tecido) nos ensaios in vivo. Quanto a resposta das ostras, somente a producao de EROs foi reduzida (34%) no grupo com antibioticos. Nao houve diferencas das UFC/g de tecido de cada subtipo bacteriano entre os grupos. A microbiota do TGI das ostras foi composta por 26% de bacterias amiloliticas, 21% de lipoliticas, 18% de proteoliticas e celuloliticas e 17% de acido-laticas. A caracterizacao molecular revelou tres filos bacterianos: Proteobacteria, Firmicutes e Actinobacteria e sete generos: Labrenzia, Pseudomonas, Halomonas, Shewanella, Vibrio, Bacillus e Micrococcus. Em conclusao, a microbiota da ostra C. gasar e diversa como em outros bivalves, a utilizacao de antibioticos foi capaz de alterar a microbiota do TGI e promover uma leve alteracao da resposta imune.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1692802 - PATRICIA MIRELLA DA SILVA SCARDUA
Interno - 1553887 - SAVIO TORRES DE FARIAS
Externo ao Programa - 2009494 - ULRICH VASCONCELOS DA ROCHA GOMES