PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR (PPBCM)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: ALESON PEREIRA DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALESON PEREIRA DE SOUSA
DATA: 18/04/2017
HORA: 14:00
LOCAL: departamento de biologia celular e molecular
TÍTULO: Obtenção da fração proteica Dioscorina de Inhame (Dioscorea cayennensis): Caracterização Bioquímica e Atividades Biológicas
PALAVRAS-CHAVES: Proteínas, Compostos Bioativos, Dioscorina.
PÁGINAS: 61
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO: : Estudos que relacionam o consumo de alimentos com propriedades bioativas na promocao da saude, atribuidas as proteinas e outros compostos oriundos de fontes vegetais, vem ganhando relevancia. Sementes, rizomas e tuberculos sao geralmente boas fontes de moleculas bioativas. Considerando que o consumo do tuberculo de inhame (Dioscorea cayennensis) faz parte do habito alimentar brasileiro, faz-se necessario o estudo das proteinas presentes neste vegetal. O objetivo deste trabalho foi isolar e caracterizar bioquimicamente a fracao proteica dioscorina (FPD) presente nos tuberculos de D. cayennensis, caracterizando a presenca de compostos nutricionais/antinutricionais e atividades biologicas antioxidante, antibacteriana e antifungica. O isolamento do FPD foi realizado com a extracao proteica em Tris-HCl 0,05M pH 8,3, seguido de precipitacao em Sulfato de Amonio (F45-75). O peso molecular do FPD foi determinado por PAGE-SDS e MALDI-ToF, caracterizando pela presenca de um componente majoritario com massa de aproximadamente 28 kDa, correspondente a dioscorina. Quando submetida a testes de avaliacao da presenca de fitoquimicos e compostos antinutricionais (lectinas e inibidores de tripsina), nao foi detectada na FPD a presenca destes compostos avaliados. A composicao aminoacidica da fracao foi determinada e a atividade antioxidante estimada pelos metodos de ABTS e DPPH. Glu, Asp e Arg foram os aminoacidos que apresentaram maiores teores na FPD, o que explica a atividade antioxidante verificada, sugerindo que a interacao destes aminoacidos parece atuar em moleculas reativas tornando-as estaveis. Por fim, na avaliacao da atividade antibacteriana e antifungica do extrato total e FPD frente a diferentes cepas de micro-organismos, foi detectado potencial antibacteriano para a cepa testada de L. monocytogenes.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2141377 - CARLOS ALBERTO DE ALMEIDA GADELHA
Interno - 1775477 - DANIELA PRISCILA MARCHI SALVADOR
Externo à Instituição - KATYA ANAYA JACINTO