PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR (PPBCM)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: DIANA PONTES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DIANA PONTES DA SILVA
DATA: 17/04/2017
HORA: 14:00
LOCAL: departamento de biologia celular e molecular
TÍTULO: Análise Comparativa da Composição Proteica e dos Efeitos Hemolítico, Oxidante, Antioxidante e Coagulante das Peçonhas Brutas de Machos e Fêmeas de Bothrops leucurus.
PALAVRAS-CHAVES: Variação Sexual; Lise Eritrocitária; Hemaglutinação; Estresse Oxidativo; Coagulação Plasmática
PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO: As peconhas ofidicas sao complexas misturas de componentes que atuam na perturbacao de diversos mecanismos fisiologicos. A composicao e atividades biologicas das peconhas podem variar entre serpentes da mesma especie de acordo com fatores como idade, sexo e regiao geografica. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a composicao proteica e atividades biologicas desencadeadas, in vitro, pelas peconhas de machos e femeas da serpente Bothrops leucurus. O perfil proteico foi obtido por cromatografia liquida de alta eficiencia (HPLC) e eletroforese unidimensional em condicoes desnaturantes (SDS-PAGE). Os efeitos biologicos avaliados foram o estresse oxidativo, atividades antioxidante, coagulante e hemoliticas direta e indireta. A analise cromatografica e eletroforetica apresentaram semelhancas entre os perfis proteicos das peconhas de machos e femeas. As peconhas avaliadas nao apresentaram efeito hemolitico (direto ou indireto) sobre eritrocitos. Foi observada uma expressiva hemaglutinacao eritrocitaria causada por todas as quantidades das peconhas avaliadas. As peconhas de machos e femeas de B. leucurus nao apresentaram efeito oxidativo sobre hemoglobinas. Na presenca de ambas as peconhas estudadas, observou-se reducao do efeito oxidativo sobre hemoglobinas provocado pela fenilhidrazina, sugerindo a presenca de componentes antioxidantes na composicao das peconhas. A avaliacao do efeito coagulante das peconhas de B. leucurus foi realizada sobre o plasma humano citratado e os tempos de obtencao dos coagulos foram menores na presenca da peconha de femeas e, ambas as peconhas apresentaram o tempo de formacao dos coagulos inversamente proporcional as quantidades avaliadas. Assim, tanto o perfil proteico como os efeitos hemoliticos (direto e indireto), oxidantes e antioxidantes observados nas peconhas de machos e femeas de B. leucurus foram semelhantes. No entanto, a variacao sexual obtida pela analise do efeito coagulante pode justificar as diferencas no tipo e/ou intensidade dos sintomas observados nos acidentes ofidicos.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1775477 - DANIELA PRISCILA MARCHI SALVADOR
Externo à Instituição - Karla Patrícia de Oliveira Luna
Interno - 1117945 - MARCIA REGINA PIUVEZAM