PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (PPGCC)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
32167285

Notícias


Banca de DEFESA: LÍVIA MARIA FREIRE DE MORAIS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LÍVIA MARIA FREIRE DE MORAIS
DATA: 10/12/2018
HORA: 16:00
LOCAL: CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS
TÍTULO: INFLUÊNCIA DO ANO ELEITORAL, DO MANDATO ELEITORAL E DA MUDANÇA DE GESTOR PÚBLICO SOBRE AS MUDANÇAS NA COMPOSIÇÃO DOS GASTOS PÚBLICOS: UM ESTUDO NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS
PALAVRAS-CHAVES: Ano eleitoral. Primeiro mandato eleitoral. Mudança de gestor público. Composição dos gastos públicos.
PÁGINAS: 47
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Ciências Contábeis
RESUMO: Fundamentando-se na literatura sobre ciclos politico-orcamentarios, a presente pesquisa tem como objetivo verificar a influencia do ano eleitoral, do mandato eleitoral e da mudanca de gestor publico sobre o indice de mudanca na composicao dos gastos publicos dos municipios brasileiros. Para consecucao desse objetivo, a variavel dependente consistiu em um indice (IMCGP) que reflete as modificacoes na composicao dos gastos publicos, sendo esse composto pela juncao das variacoes dos gastos publicos classificados de acordo com quatro naturezas de despesas: pessoal e encargos sociais, outras despesas correntes, investimentos e inversoes financeiras. A amostra foi composta por 4.165 municipios brasileiros no periodo de 2005 a 2016, compreendendo tres ciclos eleitorais. Utilizou-se a tecnica de regressao com dados em painel, visto que a amostra e composta por dados seccionais e temporais. As evidencias revelaram que o ano eleitoral exerce influencia negativa sobre o IMCGP. Ja os fatores mandato eleitoral e mudanca de prefeitos exercem influencia positiva sobre o IMCGP dos municipios. Nesse sentido a pesquisa conclui que o primeiro mandato eleitoral e a alternancia de prefeitos dos municipios consistem em fatores politicos que impulsionam a realizacao de maiores alteracoes na composicao das despesas por parte dos governantes. Em relacao aos anos de mandato, observou-se que as maiores alteracoes na composicao dos gastos nao ocorrem no ano eleitoral, e sim no primeiro ano de mandato eleitoral, impulsionada, sobretudo, pelas mudancas de prefeitos tipicas do primeiro ano do mandato.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1859411 - DIMAS BARRETO DE QUEIROZ
Interno - 2204250 - ROSSANA GUERRA DE SOUSA
Externo ao Programa - 1861745 - JEVUKS MATHEUS DE ARAUJO