PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (PPGCC)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
32167285

Notícias


Banca de DEFESA: JOSÉ RICARDO REVORÊDO DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ RICARDO REVORÊDO DA SILVA
DATA: 21/02/2019
HORA: 15:00
LOCAL: Universidade Federal da Paraíba
TÍTULO: INFORMAÇÕES CONTÁBEIS E ATIVIDADE ECONÔMICA: A RELAÇÃO ENTRE O DESEMPENHO DAS FIRMAS E CRESCIMENTO ECONÔMICO DO BRASIL
PALAVRAS-CHAVES: Indicadores contábeis. Produto Interno Bruto. Crescimento Econômico. Ciclos Econômicos.
PÁGINAS: 87
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Ciências Contábeis
RESUMO: O crescimento economico a partir da visao de Keynes enfatiza que a dinamica macroeconomica, que envolve as oticas do investimento, emprego e producao, esta respaldada nas expectativas dos agentes envolvidos (as empresas), e os resultados desta sao decorrentes do produto dos movimentos dos agentes de maneira concomitante (KEYNES, 1936). Nesse sentido, torna-se razoavel inferir que as decisoes tomadas a nivel empresa, baseadas nas informacoes contabeis, podem ser relevantes na analise de medidas macroeconomicas. Assim sendo, este estudo tem por objetivo geral analisar a relacao entre a informacao contabil representada pelos indicadores contabeis das firmas e o crescimento economico do Brasil nas diferentes fases dos ciclos economicos – expansao, recessao, contracao e recuperacao. A amostra foi composta por 218 empresas nao-financeiras listadas na B3 S/A Brasil Bolsa Balcao no periodo de 1999 a 2017. Foram estimados sete modelos com os indices de rentabilidade, liquidez e endividamento e o crescimento economico foi representado pelo Produto Interno Bruto (PIB) Real. Atraves das ferramentas de analise da modelagem de vetores autorregressivos (VAR): funcao impulso-resposta e decomposicao da variancia, os achados iniciais, de maneira geral, apontaram a influencia das variaveis contabeis no relacionamento com PIB Real, isto e, estas medidas foram capazes de produzir informacoes oportunas sobre a atividade economica real, assim a primeira hipotese de pesquisa apresentada neste estudo nao pode ser rejeitada. No que se refere aos ciclos economicos, em geral, os resultados demonstraram um efeito similar para os sete modelos analisados. Nas fases de expansao e recuperacao, o movimento da ΔPIB Real e explicado por choques das variaveis contabeis de maneira crescente, enquanto que nos periodos de recessao e contracao, a relacao foi decrescente para a maioria dos modelos. Dessa maneira, a segunda hipotese de pesquisa tambem nao foi rejeitada, ao verificar que os ciclos economicos tem influencia sobre o relacionamento entre as informacoes contabeis e a dinamica macroeconomica. As evidencias encontradas permitem destacar que a analise de indicadores contabeis e uma ferramenta relevante no fornecimento de informacoes oportunas sobre a dinamica macroeconomica, principalmente no que se refere ao crescimento do PIB real e que esse relacionamento sofre influencia dos ciclos economicos. Estes achados corroboram a perspectiva keynesiana do crescimento economico, e tambem com as recentes pesquisas que tratam da analise das demonstracoes financeiras quanto a utilidade e relevancia a respeito da atividade economica real.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2286518 - EDILSON PAULO
Interno - 1989585 - LUIZ FELIPE DE ARAUJO PONTES GIRAO
Externo à Instituição - RENATO HENRIQUE GURGEL MOTA