PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (PPGCC)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
32167285

Notícias


Banca de DEFESA: LEANDRO DA COSTA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEANDRO DA COSTA SANTOS
DATA: 16/04/2019
HORA: 10:00
LOCAL: CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS
TÍTULO: A INFLUÊNCIA DA PROPRIEDADE ESTATAL NO DESEMPENHO DAS EMPRESAS NO MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIRO
PALAVRAS-CHAVES: Estrutura de Propriedade. Empresas Estatais. Valor Adicionado Líquido. Teoria dos Direitos de Propriedade. Teoria dos Custos de Transação. Teoria da Agência
PÁGINAS: 67
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Ciências Contábeis
RESUMO: A literatura sobre estrutura de propriedade documenta que o desempenho das empresas e afetado pelo perfil de seus acionistas controladores, os quais podem influenciar de maneira significante a busca pelos objetivos empresariais de acordo com suas preferencias. Como parte integrante da estrutura de propriedade das empresas surge o Estado com seus objetivos de politica publica, os quais sao direcionados na busca de valor publico. Assim, alicercada nas teorias de Direitos de Propriedade, Custo de Transacao e Agencia, as quais em alinhamento, proporcionaram um panorama mais preciso sobre este tema dinamico, foi que esta pesquisa se materializou, a qual objetivou analisar a influencia da propriedade estatal no desempenho das firmas. O exame foi conduzido atraves de teste de hipotese da relacao entre a Propriedade Estatal (PE) e o desempenho das empresas representado pelo Valor Adicionado Liquido divido pelas Receitas Totais (VALPR). A relacao estatistica foi realizada atraves da regressao em painel Pooled, estimada com Minimos Quadrados Ordinarios (MQO) e como complemento empirico utilizou-se tambem a Regressao Quantilica. Os resultados das regressoes pooled MQO e Quantilica convergem e se complementam, evidenciando que a Propriedade Estatal (PE) detem relacao positiva e significante com o desempenho das empresas analisadas, contribuindo assim para a melhoria da geracao de valor adicionado liquido nestas entidades, ate um certo limite. A principal contribuicao do estudo foi o de demonstrar empiricamente a influencia da propriedade estatal no desempenho das empresas e trazer para dentro do debate teorico a figura da propriedade estatal.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1453014 - MARCIA REIS MACHADO
Interno - 1287709 - PAULO ROBERTO NOBREGA CAVALCANTE
Externo à Instituição - RODRIGO DE SOUZA GONÇALVES