PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (PPGCC)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
32167285

Notícias


Banca de DEFESA: AUGUSTO CEZAR DA CUNHA E SILVA FILHO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: AUGUSTO CEZAR DA CUNHA E SILVA FILHO
DATA: 28/02/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de videoconferência do CCSA
TÍTULO: COMPARABILIDADE CONTÁBIL E CUSTO DE CAPITAL PRÓPRIO: uma análise no mercado de capitais brasileiro
PALAVRAS-CHAVES: Comparabilidade contábil. Custo de capital próprio. Competitividade de mercado. Adoção das IFRS.
PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Ciências Contábeis
RESUMO: Esta tese investiga a influência da comparabilidade contábil no custo de capital próprio das empresas brasileiras. A literatura aponta que uma maior comparabilidade contábil resulta em avaliações mais precisas do desempenho individual das empresas, já que diminui o custo de coleta e análise de informações entre determinada empresa ao longo de um período e, também, entre empresas pares. Além disso, informações comparáveis ajudam os investidores a identificar e entender semelhanças e diferenças econômicas entre as firmas e, assim, tomarem decisões de investimento mais eficientes. Diante desse contexto, é provável que os investidores exijam menores retornos esperados ao se depararem com informações contábeis mais comparáveis, resultando em menor custo de capital próprio. Para a execução deste estudo, utilizou-se uma amostra com base nos dados das companhias listadas na Brasil, Bolsa, Balcão (B3), no período de 2001 a 2018. Para medir a comparabilidade contábil, utilizou-se como métrica principal o modelo de similaridade da função contábil desenvolvido por DeFranco, Kothari e Verdi (2011), e para medir o custo de capital próprio implícito, utilizou-se o modelo de Easton (2004). Os resultados mostraram que o nível de comparabilidade contábil entre empresas do mesmo setor aumentou após a adoção das Normas Internacionais de Contabilidade (IFRS). Verificou-se relação negativa e estatisticamente significativa entre o custo de capital próprio e a comparabilidade contábil entre empresas do mesmo setor. Além disso, essa relação mais se pronuncia para empresas situadas em setores mais competitivos, indicando que a competitividade de mercado atua como um mecanismo eficaz de governança externa (calculouse competitividade de mercado mediante o índice de Herfindahl). Em geral, os resultados desta tese sugerem que a comparabilidade contábil desempenha papel importante na redução dos riscos de investimentos, contribuindo na alocação eficiente de capital dos investidores. Por fim, este trabalho contribui para a literatura nacional e internacional ao demonstrar os benefícios econômicos da comparabilidade contábil.
MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CARLA RENATA SILVA LEITAO
Presidente - 1453014 - MARCIA REIS MACHADO
Interno - 1287709 - PAULO ROBERTO NOBREGA CAVALCANTE
Externo à Instituição - REBECA CORDEIRO DA CUNHA ARAÚJO
Externo à Instituição - SIRLEI LEMES