PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (PPGCC)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
32167285

Notícias


Banca de DEFESA: DAVID NUNES DE MEDEIROS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DAVID NUNES DE MEDEIROS
DATA: 28/03/2017
HORA: 14:00
LOCAL: SALA DE MULTIMÍDIA DO CCSA
TÍTULO: CONTROLE DO CONFLITO DE AGÊNCIA NAS EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO LISTADAS NA BOVESPA: Conservadorismo Contábil ou Governança Corporativa?
PALAVRAS-CHAVES: Custo de Agência; Conservadorismo Contábil; Governança Corporativa.
PÁGINAS: 69
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Ciências Contábeis
RESUMO: Esta pesquisa teve como objetivo analisar a relacao do custo de agencia com a governanca corporativa e com conservadorismo contabil das empresas de capital aberto listadas na Bovespa. Para atingir o objetivo foram utilizados dados das demonstracoes financeiras padronizadas anuais e formularios de referencia. A amostra da pesquisa compreende 239 empresas nao-financeiras listadas na BMF*BOVESPA no periodo de 2010 a 2015 que integraram o IBrX 100. Foi empregado o modelo de Khan e Watts (2009) para o calculo do C-Score, metrica que indica quao conservadora foi determinada empresa em determinado ano. A governanca corporativa foi avaliada pelos mecanismos Dualidade de funcoes do CEO e Chairman, Independencia do Conselho de Administracao, Tamanho do Conselho de Administracao e Remuneracao do Conselho de Administracao e a participacao no Novo Mercado. O custo de agencia foi calculado com base em Ang, Cole e Lin (2000) e Singh e Davidson (2003), por meio das variaveis denominadas nesta pesquisa como Giro do Ativo e Eficiencia nos Gastos. Foram produzidas 6 hipoteses com base na literatura existente sobre os assuntos. Os dados foram estimados por regressao quantilica anualmente, visando coletar maiores detalhes sobre a influencia de cada variavel estudada na amostra. Os resultados indicaram que estar no novo mercado implica em menores custos de agencia, mas o conservadorismo contabil nao se comprovou como um meio alternativo a governanca corporativa em reduzir os custos de agencia. O Tamanho do Conselho e a Dualidade de cargos pouco impactou negativamente nos custos de agencia, e a Independencia do Conselho nao foi um mecanismo ativo no alivio aos custos de agencia.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1775506 - ORLEANS SILVA MARTINS
Presidente - 1526402 - WENNER GLAUCIO LOPES LUCENA
Externo à Instituição - WESLEY VIEIRA DA SILVA