PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (PPGCC)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
32167285

Notícias


Banca de DEFESA: LUISA TOMI YANAGUIBASHI LEAL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUISA TOMI YANAGUIBASHI LEAL
DATA: 29/03/2017
HORA: 09:00
LOCAL: CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA
TÍTULO: ANÁLISE DOS MODELOS OPERACIONAIS PARA DETECÇÃO DE GERENCIAMENTO DE RESULTADOS CONTÁBEIS ATRAVÉS DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS
PALAVRAS-CHAVES: gerenciamento de resultados, atividades operacionais, custos de produção, modelos econométricos.
PÁGINAS: 52
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Ciências Contábeis
RESUMO: O objetivo desta pesquisa foi verificar a validade teorica e empirica dos modelos operacionais utilizados para deteccao de gerenciamento de resultados contabeis atraves das atividades operacionais, via custo de producao, com a finalidade de apresentar ajustes aos referidos modelos de modo a contribuir com a reducao de problemas relacionadas as evidencias empiricas. Atualmente, o modelo mais comumente analisado, Roychowdhury (2006), para este fim considera as variacoes de custos apenas em funcao das variacoes das vendas, estabelecendo uma relacao linear. Todavia, a ocorrencia e a magnitude do gerenciamento de resultados se pauta em variaveis alem do nivel de atividades, como fatores relacionados a ambiente economico, crescimento natural da empresa ou da economia, mudancas nas politicas monetaria, fiscal e cambial, bem como especificidades do setor. Nesse sentido, estimou-se o modelo geral de Roychowdhury (2006) e mais quatro formatacoes, adicionando variaveis de controle para assimetria de custos, ganho de escala, endividamento e flexibilidade contabil. Quanto a populacao e amostra, as estimacoes foram realizadas com a amostra completa de 171 empresas sem a separacao por setor, e posteriormente, realizou-se a estimacao para os 13 setores conforme classificacao do Economatica e as limitacoes impostas pela teoria, que pressupoe que o modelo de custos de producao apenas poderia ser utilizado para empresas manufatureiras. Desse modo, concluiu-se que o modelo possui flexibilidade para ser adaptado para cada setor, tendo as variaveis escolhidas mediante suas especificidades. Corroborou-se com a teoria no sentido de que a assimetria e reduzida em momentos de decrescimo das taxas de crescimento da economia, tanto pelas evidencias de insignificancia estatistica da variavel dummy nos modelos, quanto pelas evidencias de melhores metricas de ajustamento nos modelos em que foram incluidos controles de fatores externos as empresas, intrinsecos a seus setores ou a economia como um todo.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1775506 - ORLEANS SILVA MARTINS
Interno - 1030203 - PAULO AMILTON MAIA LEITE FILHO
Externo à Instituição - SADY MAZZIONI