PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (PPGCC)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
32167285

Notícias


Banca de DEFESA: BARBARA CORREIA SIMAO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BARBARA CORREIA SIMAO
DATA: 21/02/2018
HORA: 16:30
LOCAL: CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS
TÍTULO: BITCOIN: INVESTIMENTO DO SÉCULO OU BOLHA ESPECULATIVA? MENSURAÇÃO DO RISCO INDIVIDUAL DO BITCOIN SOBRE O RISCO SISTÊMICO DO MERCADO DE CAPITAIS DO BRASIL E EUA
PALAVRAS-CHAVES: BITCOIN. RISCO SISTÊMICO DO MERCADO DE CAPITAIS DO BRASIL E EUA.
PÁGINAS: 93
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Ciências Contábeis
RESUMO: Recentemente, as moedas digitais tem recebido significativa representatividade em economias mundiais, devido a agilidade, seguranca e o baixo custo envolvido nas transacoes. Com a proposta de revolucao no sistema monetario mundial, a moeda virtual denominada por Bitcoin propoe um sistema de pagamento eletronico de software aberto com base na criptografia, em que nao se utiliza bancos ou quaisquer outras entidades centrais de intermediacao das transacoes. Os usuarios do Bitcoin conferem a esta moeda dois papeis distintos. Primeiro, o Bitcoin pode desempenhar a funcao de meio de pagamento de trocas de bens e servicos. Segundo, o Bitcoin tem sido direcionado para o uso com propositos especulativos devido a elevada volatilidade do seu valor no mercado financeiro (HUR, JEON e YOO, 2015). Adicionalmente, o protocolo de funcionamento instituido pelo Bitcoin permite que as transacoes entre os usuarios permanecam no anonimato. Portanto, a ausencia de uma instituicao reguladora das transacoes com moedas digitais tem levantado um debate relevante sobre a contribuicao do Bitcoin em fomentar atividades de cunho ilegal. Dentro desse contexto, a presente pesquisa busca obter inferencias sobre a contribuicao do risco individual do Bitcoin sobre o sistema financeiro do Brasil e Estados Unidos, com intuito de sinalizar as autoridades reguladoras um posicionalmente do nivel adequado de intermediacao financeira. Os resultados da pesquisa visaram contribuir para o fornecimento de informacoes macroprudenciais, de modo a balizar a intervencao das instituicoes de controle financeiro a cerca da efetivacao de medidas reguladoras para o Bitcoin. De modo geral, os resultados indicam que o risco individual do Bitcoin afeta o risco sistemico e em cenarios de evento extremos o Bitcoin e significativo para reduzir o risco sistemico do mercado de capitais brasileiro e americano.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1455546 - MARCIO ANDRE VERAS MACHADO
Presidente - 1030203 - PAULO AMILTON MAIA LEITE FILHO
Externo ao Programa - 1354507 - SINEZIO FERNANDES MAIA