PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA (PPGQ)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal:
Não informado
http://www.ufpb.br/pos/ppgq

Notícias


Banca de DEFESA: MARIA DE FATIMA PEREIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA DE FATIMA PEREIRA
DATA: 26/08/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do LACOM/UFPB
TÍTULO: Óxido de zinco dopado com aplicação para produção de biodiesel.
PALAVRAS-CHAVES: Dopagem; Catálise heterogênea; Transesterificação; Cinética Química
PÁGINAS: 118
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Inorgânica
RESUMO: Pos de oxido de zinco puro (ZnO) e de oxido de zinco dopado com 5% de Al3+ (ZNAL) foram obtidos pelo metodo Pechini-modificado utilizando Zn(NO3)2.6H2O e Al(NO3)3.6H2O como precursores. A caracterizacao foi realizada atraves de DRX, Raman, FTIR e UV-Vis, tendo a estequiometria confirmada por FRX. Os resultados do estudo de caracterizacao por DRX e Raman, indicaram que Al3+ encontra-se completamente incorporado a rede cristalina do ZnO. Tentativas de dopagem com Fe3+ apresentaram fase secundaria que, de acordo com a carta ICCD01-070-3377, foi atribuida a ZnFe2O4. Testes de variacao de pH com os oxidos em meio acido e basico indicaram que ZNAL apresenta um carater basico muito maior do que ZnO. Utilizando um planejamento fatorial 23, ZnO e ZNAL foram testados como catalisadores na transesterificacao etanolica do oleo de algodaoem temperaturas de 130 e 200oC, relacoes alcool/oleo 6:1 e 12:1 e 3% (m/m em relacao ao oleo) de catalisador. As reacoes ocorreram em reator Parr no tempo de 4 horas e rotacao de 600 rpm. A espectroscopia RMN H1 e 13C foram utilizadas para caracterizar e avaliar o teor de esteres etilicos produzidos nas transesterificacoes indicando que adicao de 5% de Al3+ a rede cristalina do ZnO aumentou significativamente o potencial catalitico do oxido, chegando a um indice de conversao superior a 81% a T = 130 oC e maior que 94% a T = 200 oC. Os resultados analisados pelo planejamento fatorial indicaram que o tipo de catalisador e a temperatura foram os fatores mais determinantes nos indices de conversao. Atraves de um estudo cinetico utilizando temperaturas de 130, 160, 180 e 200 oC e tempos reacionais de 30, 60, 120 e 240 minutos, observou-se que as reacoes catalisadas por ZnO tiveram um comportamento linear de indice de conversao, enquanto que as catalisadas por ZNAL chegaram a indices superiores a 80% de conversao em apenas 30 minutos quando T = 200 oC. Tambem foi possivel observar que as transesterificacoes etanolicas do oleo de algodao foram influenciadas pelo transporte de massa, abaixo de 120 min de reacao, quando catalisadas por ZnO. Para as etanolises catalisadas por ZNAL observou-se um comportamento de 1ª ordem quando T = 130 oC e de 2ª ordem nas demais temperaturas.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1347782 - IEDA MARIA GARCIA DOS SANTOS
Interno - 332503 - JOSE RODRIGUES DE CARVALHO FILHO
Interno - 1491615 - LILIANA DE FATIMA BEZERRA LIRA DE PONTES
Externo à Instituição - MARISTELA ALVES DA SILVA
Interno - 1807287 - RAUL ROSENHAIM

Notícia cadastrada em: 08/08/2016 13:22