PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA (PPGQ)

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA (CCEN)

Telefone/Ramal:
Não informado
http://www.ufpb.br/pos/ppgq

Notícias


Banca de DEFESA: DANIEL JACKSON ESTEVAM DA COSTA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIEL JACKSON ESTEVAM DA COSTA
DATA: 25/08/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Reuniões do CCEN/UFPB
TÍTULO: Determinação voltamétrica de hidrocarbonetos políciclicos aromáticos e de aminas biogênicas em alimentos
PALAVRAS-CHAVES: Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, Aminas biogênicas, Alimentos, Voltametria.c
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Analítica
RESUMO: Os hidrocarbonetos policiclicos aromaticos (HPAs) sao substancias toxicas, sendo consideradas mutagenicas e carcinogenicas. Sao provenientes da combustao incompleta da materia organica, podendo ser encontrados nos mais variados tipos de alimentos, sendo a ingestao desses compostos uma das fontes de contaminacao humana, necessitando de tecnicas mais cada vez mais sensiveis para determinacao dos HPAs. Dentre as varias tecnicas analiticas desenvolvidas para o monitoramento desses analitos, se destaca a cromatografia. Contudo, os metodos cromatograficos consomem grandes quantidades de solventes e/ou reagente, sao lentos, dispendiosos, envolvem diversas etapas para preparacao das amostras, equipamentos sofisticados e requerem equipe de trabalho especializada. De forma alternativa, os metodos voltametricos apresentam uma instrumentacao simples, baixo consumo de reagentes e muitas vezes nao requer muitas etapas para o preparo de amostras. Neste trabalho foi empregado os metodos voltametricos para a determinacao dos HPAs benzo(a)pireno, pireno e fluoranteno, utilizando o eletrodo de carbono vitreo (ECV) e tampao acetato (pH 4,0). O estudo eletroquimico mostrou que esses HPAs apresentam apenas um processo oxidativo, em potenciais diferentes EP(benzo(a)pireno) ≈ 0,95V, EP(pireno) ≈ 1,03V e EP(fluoranteno) ≈ 1,35V. Logo, podendo ser utilizado para sua determinacao simultanea, contudo, utilizando a tecnica voltametria de pulso diferencial (VPD) esses HPAs demonstraram ser interferentes entre si necessitando de uma meio alternativo para aumentar sua sensibilidade e melhorar a separacao entre esses compostos diminuido as interferencias entre eles. O uso de surfactante esta se mostrando ser uma alternativa eficaz para esse problema. Outros compostos organicos toxicos encontrados em alimentos sao as aminas biogenicas (ABs), esses compostos sao naturalmente encontrados nos seres humanos e muitos sao importantes para o bom funcionamento do organismo, contudo, o consumo desses compostos causam graves efeitos toxicologicos, indesejaveis para a saude humana, sendo constatado que alguns podem reagir com outros compostos e tornar-se carcinogenicos. Alguns orgaos fiscalizadores de alimentos determinou que a presenca de ABs como parametros da qualidade dos alimentos, necessitando de seu monitoramento. Semelhantemente aos HPAs, a principal tecnica empregada e a cromatografia. Neste trabalho, foi utilizado os metodos voltametricos para a determinacao das ABs (triptamina, cadaverina, putrescina, histamina e 2-feniletilamina) em ECV. Porem, a triptamina nesse eletrodo, foi a unica que apresentou uma resposta eletroquimica, sendo entao desenvolvido uma metodologia voltametrica para a determinacao dessa AB em alimentos. A triptamina apresenta dois processos oxidativos EP1 ≈ 0,85V e EP2 ≈ 1,25V, sendo o P1 mais sensivel e sua resposta foi utilizada para a construcao de um metodo eletroanalitico utilizando a voltametria de onda quadrada (VOQ) em tampao acetato (pH 5,0) apresentando uma faixa de resposta linear de (4,7 a 54,5) × 10-8 mol L-1, limite de deteccao baixo (0,8 × 10-9 mol L-1) e limite de quantificacao (2,7 × 10-9 mol L-1), associada a niveis aceitaveis de repetibilidade (3,6%) e reprodutibilidade (3,8%). O teor de triptamina foi determinado em bananas, tomates, queijo (mucarela e gorgonzola) e embutidos (salsicha de frango e calabresa), obtendo recuperacoes acima de 90%.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1746523 - CLAUDIA DE OLIVEIRA CUNHA
Externo à Instituição - MARCELO BATISTA DE LIMA
Externo à Instituição - MARIA MONICA LACERDA MARTINS LUCIO
Presidente - 334937 - MARIO CESAR UGULINO DE ARAUJO
Interno - 1650955 - SHERLAN GUIMARAES LEMOS
Externo à Instituição - WILLIAME FARIAS RIBEIRO

Notícia cadastrada em: 21/08/2017 17:25